Antes da segunda com Ratinho, Moro, o ex-Havard, tem o domingo


por Fernando Brito, Tijolaço -

Acostumado a ser chamado para palestras em Harvard, Sérgio Moro vai defender sua sobrevivência segunda-feira no…programa do Ratinho.

Bem, está certo: lá as verbas da Secom e o porrete do entrevistador garantem a simpatia do entrevistador.

Mas, antes de chegar lá, o ex-juiz tem de passar pelo domingo, que poderá tornar mais ridícula a apresentação de sua performance com Carlos Roberto Massa.

Dias atrás, o jornalista Alex Solnik, no Brasil 247, deu uma informação à qual pouca importância se deu, até porque os protagonistas não a anunciaram.

Que  havia sinais de que o jornal de maior tiragem do Brasil,a Folha de S. Paulo,  teria feito um  acordo “para publicar simultaneamente as próximas reportagens baseadas no enorme arquivo obtido por Greenwald”.

Hoje, com a divulgação exclusiva pelo UOL e pela Folha de que Moro havia aconselhado Deltan Dallagnol a deixar de lado 70% da delação da Odebrecht e focar-se nos 30% que estivesssem dentro da “capacidade institucional” da Lava-Jato curitibana, a nota de Solnik parece se confirmar.

A ver se vai se confirmar também o que antecipa sua informação: que “a parceria será inaugurada na edição de domingo, dia de maior tiragem do jornal”, embora na prática já tenha sido discretamente testada hoje.

Comentários

J. Cícero Costa disse…
De nada adianta ele tentar se defender na TV.

A CASA CAIU !! A máscara foi arrancada e a farsa desmontada para o bem do Brasil.

Quanto a procurar o programa do RATINHO, até que tem alguma lógica, pois é nos esgotos da vida que os “RATOS” se aninham, se escondem e se acasalam.