Duvivier: 'A gente nunca foi tão pouco corrupto'

Para o comediante e escritor Gregório Duvivier, o Brasil nunca combateu a corrupção tão fortemente como na atualidade; "A gente nunca foi tão pouco corrupto, com pessoas sendo presas e responsabilizadas por crimes pelos quais nunca foram responsabilizadas na história do Brasil", afirma; para ele, a quantidade de informação disponível atualmente faz parecer que a corrupção nunca existiu em escala semelhante; "Mas, felizmente, nunca se matou e roubou tão pouco quanto hoje"; Duviver criticou a posição de boa parte da elite brasileira que critica a corrupção no governo, "mas não declara à alfândega o iPhone trazido do exterior"; "As pessoas pedem o fim da impunidade para os outros. O nosso crime é fofo, é passível de compaixão; o dos outros, não. Claro que o PSDB também roubava, mas não roubava por mal. Eram fofos, roubavam sem querer, eram obrigados a roubar", afirma

Brasil 247

O comediante e escritor Gregório Duvivier afirmou neste domingo, 3, em entrevista ao Correio Braziliense, que o Brasil nunca combateu a corrupção tão fortemente como na atualidade.

Duvivier criticou a ideia de que o Brasil é um país corrupto como uma "sina incontornável". "Não acho que sejamos um país corrupto, essencialmente. Somos um país com muita gente corrupta, mas tá longe de ser uma condenação", afirmou. "Acho que, inclusive, a gente nunca foi tão pouco corrupto, com pessoas sendo presas e responsabilizadas por crimes pelos quais nunca foram responsabilizadas na história do Brasil. Consigo ver a política com certo otimismo", completou."
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: