Charge do Charlie Hebdo com garoto sírio morto causa revolta nas redes sociais

As redes sociais explodiram em ultraje, desde ontem, diante de uma charge do Charlie Hebdo.

Nela, o garoto sírio morto afogado aparece, crescido, correndo atrás de mulheres, numa alusão a recentes episódios na Alemanha em que refugiados foram acusados de assediar alemãs.

O jornal foi acusado de racismo, insensibilidade e de quebrar todos os limites da decência.

Uma tia do garoto, no Twitter, pediu que fosse respeitada a dor da família.

O autor da charge foi um dos feridos no atentado de um ano atrás que matou vários integrantes do Hebdo.
Do DCM

Nenhum comentário: