Quando Cunha foi eleito, mídia soltou rojões

Vitória de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados, no início deste ano, foi comemorada pelos jornais O Globo, Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo como uma "derrota" da presidente Dilma; Veja também o exaltou como um dos homens mais fortes do País; vê-se, agora, que quem perdeu foi o País

Brasil 247

A vitória de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados, no início deste ano, foi comemorada pelos jornais O Globo, Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo como uma "derrota" da presidente Dilma.
 
Além desses três jornais, a revista Veja também o exaltou como um dos homens mais fortes do País.

No entanto, vê-se, agora, que quem perdeu foi o País. 

No último fim de semana, tardiamente, Folha e Globo exigiram a cabeça de Cunha, em editoriais."

Nenhum comentário: