Para Fachin, Senado julga. E entuba Gilmar

É irrelevante se a Câmara vote com uma chapa única e em segredo!
Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

O ministro relator Fachin considerou que só o Senado poderá condenar Dilma.

Cabe à Camara admitir o processo - e garantir o devido processo legal !

Portanto, Dilma só poderá ser afastada DEPOIS de o Senado julgá-la.

É o que dizem os artigos 51 e 52 da Constituição.

Assim, é irrelevante se a Camara vote com uma chapa única e em segredo !

O Cunha pode fazer uma eleiçao trancado na caverna do PSDB, em reunião com o Pauzinho e o Gilmar (PSDB-MT).

Não resolve nada.

Porque o plenario da Camara, em voto aberto, por 2/3 dos votos tem que aceitar a admissiblidade e enviar ao Senado - que julgará !

Em voto aberto !

Portanto, o vazamento criminoso de seu voto, hoje de manhã, nada mais foi do que uma tentativa sinistra de desvirtuar o voto de Fachin.

E tumultuar a votação.

Um Golpe mediatico !

E o Presidente da Republica tem direito ao direito de defesa - previu Fachin - , como preveem a Constituição e a Corte de Direitos Humanos da OEA, que o Brasil subscreveu.

Portanto, o voto de Fachin entuba Gilmar, suas multiplas e frequentes extensoes no PiG, o Miro e sua patrona, a Blablarina - ao lado da Globo.

O problema no voto de Fachin é que ele nao dá margem ao Senado rejeitar a instauraçao: tem que julgar !

E se o Senado não quiser julgar, achar que não cabe ?

Mas, 1/3 da Câmara, em voto aberto,  tem o direito de nao admitir o processo do impeachment.

Fachin também acentuou que cabe ao Supremo apenas garantir a Constituição e o processo legal.

Ou seja, Gilmar não vai meter o bico !

(Só no PiG.)

Em tempo: Fachinn sobre a comissão especial da Câmara - tema de vazamento criminoso - só opina, não decide nada ! Ou seja, é uma vitória de Pirro, quer dizer, do Cunha.

Nenhum comentário: