Cunha manobra de novo e troca relator da cassação

"Um dia depois de tentar impor um golpe na votação do impeachment (barrado pelo STF), o presidente da Câmara volta a debochar do País e promoveu a troca do relator de seu processo na Comissão de Ética; Fausto Pinato (PRB-SP) disse respeitar a decisão, mas não concorda; "A imparcialidade assusta", afirmou; presidente do colegiado, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), chegou a nomear Zé Geraldo (PT-PA) para o lugar de Pinato, mas a decisão foi contestada por aliados de Cunha; após a sessão suspensa, foi sorteada então uma lista tríplice, com que trouxe os seguintes nomes: Leo de Brito (PT-AC), Marcos Rogério (PDT-RO) e Sérgio Brito (PSD-BA); sorteio será feito em sessão marcada para esta quinta-feira 10; diante de tantos abusos, dois partidos já recorreram à Procuradoria-Geral da República para afastar Cunha do comando da Câmara; como demonstra o colunista Paulo Moreira Leite, Eduardo Cunha representa um perigo para a sociedade brasileira

Brasil 247

Um dia depois de tentar impor um golpe na votação do impeachment, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou a debochar do País ao promover a troca do relator de seu processo na Comissão de Ética da Casa.

O deputado Fausto Pinato (PRB-SP), que elaborou o relatório pela admissibilidade do processo contra Cunha, disse respeitar a decisão da Mesa Diretora, mas afirmou não concordar. "A imparcialidade assusta", disse, pedindo a Araújo que recorra da decisão no plenário.

O deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), presidente do colegiado, chegou a nomear Zé Geraldo (PT-PA) para o lugar de Pinato, mas a decisão foi contestada por aliados de Cunha, argumentando que não houve lista tríplice, e ele decidiu revê-la.

Araújo iniciou novamente o processo devido a questionamentos de deputados. Depois de suspensa a sessão, foi sorteada uma lista tríplice para a escolha do novo relator. Os três nomes sorteados foram: Leo de Brito (PT-AC), Marcos Rogério (PDT-RO) e Sérgio Brito (PSD-BA).

Araújo convocou reunião para esta quinta-feira, às 9h30, para anunciou o novo relator. Com a escolha do novo relator, o processo começará do zero, com um novo relatório sobre as denúncias contra o presidente da Casa.
Como demonstra o colunista Paulo Moreira Leite, Eduardo Cunha representa um perigo para a sociedade brasileira (leia mais)."

Nenhum comentário: