Alvaro Dias, quase ex-tucano, vai ao TCU contra “pedalada” de Temer

Fernando Brito, Tijolaço 

O Senador Álvaro Dias, na foto com o seu simpático companheiro da campanha eleitoral, Hugo Henrique (é Hugo, gente), anuncia na Folhaue vai ao Tribunal de Contas da União perguntar se os decretos orçamentários assinados este ano pelo Vice-Presidente Michel Temer são ou não “pedaladas fiscais”.

A assessoria de Temer  saiu-se com uma desculpa esfarrapada: “ao assinar atos governamentais cujos prazos expiram na sua interinidade, o vice-presidente não formula a política econômica ou fiscal”

E, segundo o jornal, ” aponta a responsabilidade da presidente Dilma em decisões como essa”.

Sensacional. Assina, mas não se responsabiliza pelo que assina.

Será que foi assim que assinou  cartinha de ontem?

Perguntado sobre a iniciativa de Dias, que está de malas prontas do PSDB – ao que parece Hugo Henrique tem mais votos que Beto Richa, atualmente – Aécio fez um “não sei, não conheço, nem sei quem é”.

Deveria ter cuidado o senador paranaense. Vai que ele fica mal de popularidade e o Hugo Henrique escreve uma carta reclamando que está sendo tratado feito cachorro."

Nenhum comentário: