A prova da incompetência dos golpistas: a aliança entre Temer e Serra

A prova da inépcia dos golpistas: Serra & Temer
Paulo Nogueira, DCM

Em meio à tragédia da tentativa de golpe, cenas de pastelão surgem para fazer a audiência rir.

Por exemplo: Temer, o capitão do golpe segundo Ciro Gomes, diz que quer unir o país com a ajuda de Serra.

Pausa para rir.

Vou repetir: unir o país com a ajuda de José Serra.
Ora, ora, ora.

Serra consegue desunir até uma mesa numa festa, como se viu no episódio em que ele recebeu uma justa descarga de vinho depois de ser inconveniente, grosseiro e machista com Kátia Abreu.

E ele vai unir um país dividido em dois?

Serra é aquele sujeito que se mediar um desentendimento entre duas pessoas vai acabar brigando com ambas. Ele é o cara que se você disser numa discussão que está com ele é capaz de dar um esculacho em você.
E Temer quer unir o país com ele.

É um sinal de quanto Temer é sem noção. Temos um capitão do golpe vaidoso, deslumbrado, inconfiável e, acima de tudo, incompetente.

Temer estava no jantar em que Kátia Abreu enquadrou Serra. Teve a chance de ver o poder deletério dele. Mas está pisando nas nuvens, e parece não enxergar muita coisa além da possibilidade de, por vias tortas, se transformar em presidente.

Do ponto de vista psicológico, quanto pesa nos seus passos golpistas a ideia de se tornar rei e, com isso, fazer de Marcela rainha? Deixo esta discussão aos especialistas em mente.

A que extremos Macbeth não desceu para coroar Lady Macbeth? Shakespeare era mestre nas artimanhas das mentes tomadas de cegas ambições.

Se Temer não foi capaz de entender a potência destrutiva de Serra na festa, teve uma segunda chance um dia depois.

Serra conseguiu unir todo mundo em torno de Kátia Abreu, ela que desde o começo do governo Dilma 2 é alvo de críticas iradas por suas conexões com o agronegócio e desconexões com os direitos dos índios.

Kátia virou heroína instantaneamente por ter feito o que todos esperavam há tanto tempo com Serra. Nas redes sociais, memes a consagraram.

Serra virou trending topics no Twitter: nos milhares de comentários, ninguém manifestou simpatia por ele.

Ainda no Twitter, Kátia Abreu reafirmou sua indignação com Serra, e informou que no Senado ninguém tolera suas piadinhas agressivas.

Este é o homem que Temer acha que vai unir o país, um inepto que se julga gênio e que jamais fez nada que prestasse como prefeito e governador de São Paulo. Não obstante, julga ter direito divino à presidência.

Um amigo colunista me disse outro dia, aflito, que estava aflito com a incompetência do governo em se defender dos golpistas.

Respondi, imediatamente, que ele deveria se acalmar porque os golpistas são ainda mais incompetentes.

Temer se abraçar a Serra para unir o país é uma fabulosa demonstração disso."

Nenhum comentário: