Adolescentes são presos após protesto contra “reorganização” das escolas em SP


Globo

Um grupo de oito adolescentes que protestava contra a reorganização escolar da rede estadual de ensino de São Paulo foi detido e encaminhado para o 8º DP (Mooca), na Zona Leste de São Paulo, na manhã desta terça-feira. Segundo a Secretaria de Segurança, eles cometeram ato infracional de dano ao patrimônio ao abriram um portão da escola estadual Professor Antônio Firmino de Proença à força e tentarem arrombar a porta da diretoria. No local, aconteciam provas do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar de São Paulo, o Saresp, que foram canceladas no período da tarde.

Segundo a Secretaria Estadual de Educação, já são 110 escolas ocupadas. Ja os organizadores dos protestos contabilizam 146. Os estudantes não querem a reorganização escolar, que vai provocar o fechamento de 93 unidades e a transferência de 311 mil estudantes. Por nota, a Secretaria informou que a polícia foi acionada pela zeladoria da unidade no momento em que as portas do local foram depredadas e arrombadas por oito pessoas, dentre elas, três alunos, na madrugada desta terça. O órgão informa ainda que foi feito um boletim de ocorrência."

Nenhum comentário: