SP: número de mortos no trânsito cai 22% em julho

"Números da CET foram anunciados neste sábado pelo prefeito Fernando Haddad (PT); queda ocorre no momento em que a Prefeitura reduz a velocidade máxima de diversas vias principais na cidade; iniciativa começou em julho com as marginais; no primeiro semestre deste ano, queda de mortes em acidentes no trânsito foi de 18%

Brasil 247

A cidade de São Paulo registrou nova queda nas mortes no trânsito em julho, quando foi registrado redução de 22% dos números, anunciou neste sábado 17 o prefeito Fernando Haddad (PT).

O mês corresponde ao período em que a Prefeitura iniciou a política de redução de velocidade máxima em diversas vias principais na cidade. A iniciativa começou com as marginais Pinheiros e Tietê. Posteriormente, outras avenidas tiveram velocidade máxima reduzida para 50km/h.

Segundo Haddad, a queda registrada em julho já ultrapassa a média do primeiro semestre deste ano, que foi de 18%. "Então você tem uma melhoria mais acentuada em julho", comentou o prefeito, que participou ontem de um evento na zona norte da cidade.

"Como nós temos que reduzir 50% até 2020, acho que estamos no caminho certo. Temos que continuar perseguindo a meta e o trânsito melhora. É a única capital onde o trânsito está melhorando", disse ainda Haddad.

A Prefeitura anunciou ontem que irá "padronizar a velocidade máxima na capital para 50 km/h". "Para garantir a segurança de motoristas e pedestres, vias arteriais receberão novo padrão de velocidade gradativamente até o final de 2015. Alterações de limites serão divulgadas com no mínimo 72 horas de antecedência", diz o comunicado. Leia abaixo:

Prefeitura padronizará velocidade máxima na capital para 50 km/h
Para garantir a segurança de motoristas e pedestres, vias arteriais receberão novo padrão de velocidade gradativamente até o final de 2015. Alterações de limites serão divulgadas com no mínimo 72 horas de antecedência

Nenhum comentário: