PGR pede abertura de inquérito contra Agripino

"A Procuradoria-Geral da República enviou ao Supremo Tribunal Federal pedido de abertura de inquérito contra o presidente do DEM, senador José Agripino (RN), por suspeita de corrupção passiva e lavagem de dinheiro; Agripino é suspeito de ter acertado o recebimento de propina com executivos da OAS; o dinheiro seria fruto de desvios da obra do estádio Arena das Dunas, em Natal; ele também é um dos defensores do golpe contra a presidente Dilma Rousseff

Brasil 247

A Procuradoria-Geral da República enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de abertura de inquérito contra o presidente do DEM, senador José Agripino (RN), por suspeita de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O caso surgiu a partir de depoimentos prestados na Operação Lava-Jato, que apura desvios de dinheiro na Petrobras.

Os autos foram encaminhados ao relator do escândalo no tribunal, ministro Teori Zavascki. Os documentos, no entanto, foram repassados para o presidente da corte, ministro Ricardo Lewandowski, que vai sortear outro ministro para ser o relator do caso Agripino

No pedido de abertura de inquérito, a PGR afirmou que, apesar de a suspeita ter surgido dentro da Lava-Jato, não há relação direta com a corrupção na estatal. Por isso, a investigação não será considerada parte da Lava-Jato.

O inquérito ainda não foi aberto, e a petição tramita em sigilo absoluto. Agripino é suspeito de ter acertado o recebimento de propina com executivos da OAS, uma das empreiteiras investigadas na Lava-Jato. O dinheiro seria fruto de desvios da obra do estádio Arena das Dunas, em Natal."

Nenhum comentário: