"O quadro das escolas em São Paulo é desesperador"

Matheus Pichonelli, CartaCapital

 
Professor da rede pública prevê perda de docentes para a iniciativa privada com a reestruturação e fechamento de unidades de ensino no estado

 
Depois do chacoalhão das ruas, a velha ordem econômica, que pauta as decisões políticas, se reorganizou. Tenta agora nomear o mal-estar sem se compreender como sintoma

 
No livro de Edyr Augusto, escola, governo e família são instituições incapazes de conter a naturalização de uma violência sem exclamação. São as primeiras a levantar a mão ao tapa"
Matéria Completa, ::AQUI:: 

Nenhum comentário: