O governar tucano é fechar escolas?

Fernando Brito, Tijolaço 

"Depois da decisão do governo de Geraldo Alckmin de fechar escolas, agora é o também tucano Beto Richa que planeja fechar escolas estaduais, noticia o jornal paranaense Gazeta do Povo.

Não uma ou outra, por justas razões operacionais ou de funcionalidade dos prédios. Nada menos que 150 delas, ou 7% das unidades escolares do Estado.

Chamam de “otimização”, enquanto a tendência mundial é a de aproveitar ao máximo o tempo e o espaço escolar para ampliar a formação dos jovens, porque vulneráveis às ruas, sobretudo os mais pobres.

Não parece haver mudanças, porém, nos planos de construir cadeias, sobretudo privatizadas, porque é cada vez mais um “bom negócio” botar pessoas em jaulas.

Governar, nos tempos de Washington Luiz, já foi “abrir estradas”, porque a economia ambicionava devorar espaços  para se ampliar.

No mundo de hoje, quando a educação é o principal fator de desenvolvimento autônomo dos país, parece que estamos diante de um “governar é fechar escolas” tucano.

Talvez pela mesma razão: agora a economia depende da inciência para continuar devorando gente."

Nenhum comentário: