À plateia agressiva, Haddad fala sobre democracia e problemas da cidade

Jornal GGN

"O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, participou de uma sabatina promovida pela CBN, neste sábado (24). Na ocasião, tanto o prefeito, quanto o secretário municipal de Direitos Humanos, Eduardo Suplicy, foram hostilizados, com frases como "comunistas, vão estudar" e "aqui é a terra dos coxinha". Apesar dos ataques, Haddad manteve-se com equilíbrio, respondendo a todos os questionamentos.
 
Mesmo diante da platéia intolerante e agindo reiteradamente com agressividade, Haddad não se intimidou quando perguntado sobre as denúncias que envolvem membros do seu partido, o PT. O prefeito falou do orgulho da militância que fundou o Partido dos Trabalhadores e afirmou que é característica das instituições democráticas também ter membros que passam por problemas. Exemplificou que até a Igreja Católica com as ações do Papa Francisco sofre dificuldades."
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: