PF instaura inquérito contra advogado que ameaçou Dilma de morte


Congresso em Foco

"Por determinação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a Polícia Federal instaurou inquérito para investigar as ameaças de morte feitas pelo advogado Matheus Sathler Garcia, contra a presidente Dilma. A informação foi confirmada pelo diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, ao deputado Paulo Pimenta (PT-RS), autor do pedido de investigação.

ADVERTISEMENT
O Inquérito Policial nº 1.272/2015 vai apurar as declarações do advogado, que disputou sem sucesso uma vaga na Câmara pelo PSDB do Distrito Federal no ano passado. Em vídeo divulgado por ele mesmo na internet, Matheus Sathler afirmou que vai “arrancar” a cabeça de Dilma e que “sangue vai rolar” caso a presidente não renuncie, não fuja do país ou suicide até a próxima segunda-feira (7).

As declarações foram repudiadas pelo presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), que pediu ao conselho de ética do partido a abertura de processo de expulsão do tucano. “Não condizem com o que prega o programa do PSDB nem estão em sintonia com o que espera de um filiado do partido”, disse Aécio."

Nenhum comentário: