Demissões no Globo e no Extra podem atingir 400 pessoas


Do propmark

Mais demissões atingem a mídia impressa, dessa vez a Infoglobo: os jornais O Globo e Extra dispensam nesta terça-feira (1) entre 300 e 400 pessoas, segundo informações de fontes do propmark. Os cortes atingem principalmente a redação e a área comercial do jornal O Globo. Em cada área deve haver pelo menos 60 demissões (embora em redação especulções tenham dado conta de mais de 70 pessoas). As áreas de circulação e marketing também sofrerão cortes importantes e devem ser unidas (O Globo e Extra). A área digital do jornal Extra pode ser reduzida à metade.


ADVERTISEMENT
Na segunda-feira (31) saíram o editor Pedro Dória – que recentemente deu uma longa entrevista sobre os 90 anos do jornal ao propmark e que assumiu em março de 2011 como editor executivo de plataformas digitais -, o colunista George Vidor (economia), Marceu Vieira (editor da coluna do Anselmo Góes), Luciana Froes (gastronomia) e Pedro Motta Gueiros (esportes). Dória e Luciana seguem como colunistas.

Outra informação de fontes dá conta de que o diretor do jornal Extra, Octávio Guedes, deixou o posto de âncora da CBN para, a pedido da Infoglobo, dedicar-se integralmente à posição no jornal Extra.

Comenta-se que algumas editorias dos jornais Extra e O Globo como Esportes, TV e parte da cobertura de Cidade serão fundidas. A sinergia tem como objetivo gerar economia de cortar custos na tentativa de reverter perdas importantes em faturamento publicitário em especial nos últimos dois anos.

Sabe-se que novas demissões poderão acontecer, especialmente a partir de uma fusão que deve ocorrer gradualmente com a Editora Globo."

Nenhum comentário: