Joanna Maranhão cobra panelaço contra Aécio


"Nadadora pernambucana, que em julho fez críticas ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha, desta vez se posicionou contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), acusado pelo doleiro Alberto Youssef de receber propina no esquema da Lava Jato; "Denúncia de propina de seu laércio e ninguém bateu tramontina na varanda. Se ele sair, quem assume é ele mermo?", questiona a atleta, irônica, em sua página no Facebook

 Brasil 247

A nadadora Joanna Maranhão voltou a se posicionar politicamente, desta vez criticando o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que foi acusado na terça-feira pelo doleiro Alberto Youssef, durante a CPI da Petrobras, de ter recebido propina de Furnas no esquema de corrupção investigado na Lava Jato.

"Denúncia de propina de seu laércio e ninguém bateu tramontina na varanda.

Se ele sair, quem assume é ele mermo?", questionou, irônica, a atleta, em uma referência aos panelaços feitos contra o PT e a presidente Dilma Rousseff.

Em julho, Joanna já havia se manifestou contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), quando o deputado realizou uma manobra no plenário para conseguir aprovar a redução da maioridade penal para 16 anos.

Ela publicou um vídeo em que dizia que iria competir no Pan-Americano de Toronto para representar os brasileiros, mas não aqueles que apoiavam Cunha.

"Já é a segunda vez que amanheço e tomo conhecimento dessas manobras criminosas que Eduardo Cunha tem feito no Congresso, e sinto um desgosto muito grande", disse na ocasião.

Por estar próximo à competição no Canadá, o superintendente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Ricardo de Moura, disse que pediria aos atletas para que não fizessem manifestações políticas nas redes sociais."

Nenhum comentário: