Gilmar é o último dos Cunha


"Gilmar é o 008 ! Tem licença para matar !

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

Da Fel-lha (vere no ABC do C Af), artigo de Janio de Freitas:

POLÍTICOS

Está pesado o ambiente no Tribunal Superior Eleitoral, não estivesse lá o ministro Gilmar Mendes. Uma proposta de racionalização processual, para unir os quatro pedidos de cassação de Dilma e assim evitar decisões diferentes, valeu ao ministro Luiz Fux a acusação de tentar um golpe de esperteza a serviço do governo. Dedução do ministro João Otávio de Noronha, tido como peessedebista e favorável ao impeachment.

A dedução de Noronha vai além de Fux: atesta a politização que contamina o TSE quando quer voltar ao exame das contas de campanha já aprovadas. Gilmar Mendes, como relator, suspeita de pagamento sem o correspondente serviço. O fornecedor alega serviço prestado e divisão das faturas apenas para não ultrapassar o limite de imposto do Simples. O valor do serviço à campanha, no faturamento questionado por Gilmar Mendes: R$ 1,6 milhão, a motivar agora novas e vastas investigações. E tome de mais agitação. 


NAVALHA


Como diria o Ricardo Melo, a esculhambação se espalhou de forma metástatica.
Chamar o Gilmar Mendes de Ministro é uma delas – uma esculhambação.
Com o deslocamento do Eduardo Cunha para o corredor da morte, sobram dois Golpistas notórios.
O Pauzinho da Força e o Advogado Geral da União Tucana, o Ministro (sic) Gilmar.
O Pauzinho da Força não tem mais qualificação nem para se mover na Força Sindical que fundou e destruiu.
Já se prestou a todos os papéis e agora desempenha mais um: o de morto vivo, na porta da cadeia.
Os três – Cunha, Pauzinho e o Ministro (sic) – participaram daquele histórico café manhã – que a Fel-lha noticiou – para tramar o Golpe contra a Dilma.
Sobre o Gilmar.
O filho do Roberto Marinho – eles não tem nome próprio – não quer o Golpe.
O Trabuco do Bradesco e o Setúbal, dono do Itaú, não querem o Golpe.
O PSDB e o Príncipe da Privatariaenfiaram o Golpe no saco.
Sobram o Ministro (sic) e a bancada que lidera no TSE.
Cui prodest?
A quem aproveita?
Aproveita ao Golpe!, ora bolas!
Gilmar é a verdadeira face de seu criador, o Príncipe da Privataria.
Gilmar faz o trabalho que o PSDB não tem mais coragem de fazer.
É a estratégia da instabilidade permanente, manter a chapa quente, atormentar a Dilma 24 horas por dia, sete dias na semana, doze meses por ano, com o maçarico do PiG.
Por que o Gilmar?
Porque ele é impune.
O Gilmar pode tudo!
Como diz o professor Comparato, quando defende o povo brasileiro, ministro do Supremo pode até não ir trabalhar.
Pode ficar em casa assistindo à Netflix.
Que não acontece nada.
O Conselho Nacional de Justiça não tem nada de Justiça, porque não alcança o Ministro do Supremo!
(Nem o Moro…)
O James Bond é “00”, double O, porque dois zeros significam que ele tem licença para matar.
O Gilmar é o 00 Mendes!
008!

Paulo Henrique Amorim

Nenhum comentário: