Crise política está virando um problema psiquiátrico?


Miguel do Rosário, Tijolaço 

"Peço aos leitores que não caçoem da menina do vídeo que reproduzo abaixo, porque obviamente ela é doente.
Eu o publico, no entanto, porque ele é um sintoma da loucura que se apossou do Brasil.

Uma loucura que vem se desenvolvendo a partir de um processo midiático irresponsável, que usa toda a sua artilharia semiótica para culpar Dilma e o PT por tudo de ruim que acontece no país.

Não são apenas reportagens, mas charges, disposição de títulos, vídeos, memes, infográficos, manchetes distintas do conteúdo da matéria, etc.

A pessoa tropeça numa pedra na calçada, e sai xingando a Dilma e o PT.

É tanta desinformação, tanta mentira, tanta manipulação, que o povo brasileiro está ficando meio doido.

O vídeo de um estudante chileno, com entrevistas feitas durante a manifestação coxinha no Rio, mostrou uma quantidade incrível de pessoas visivelmente desequilibradas: um diz que petistas tem “problemas com o pai”, outro sai gritando vivas a Pinochet, outro diz que pretende virar uma espécie de Capitão Brasil, um outro revela que representa o movimento integralista (o mesmo que é contra o sufrágio universal e andou xingando… Montesquieu nas manifestações).

O caso da garota abaixo, acusando Dilma de ser aliada a uma máfia que estupra bebês aidéticos, é apenas um caso mais patológico do que a média.

Mas é justamente essa média que está me preocupando.

A crise política vem se tornando, e isso não é engraçado, uma crise psiquiátrica.
.

Nenhum comentário: