Bairros da periferia de SP não aderem ao panelaço


 Da Folha:

Bairros da periferia de São Paulo e da região metropolitana ficaram em silêncio durante o programa do PT exibido na noite desta quinta-feira (6).

O blog Mural reuniu relatos em dez bairros da capital e em oito cidades da Grande São Paulo. Na maior parte deles não houve panelaços, buzinaços ou protestos contra o partido da presidente Dilma Rousseff.


ADVERTISEMENT
Os correspondentes do Mural não registraram manifestações em bairros como Capão Redondo (extremo da zona sul), Jova Rural (zona norte), Jabaquara (sul), Pirituba (norte) e Guaianases (leste).

No Itaim Paulista, tradicional reduto eleitoral do PT na zona leste, fogos de artifícios foram ouvidos durante a exibição do programa em uma região próxima ao comitê do partido no bairro.

Na Mooca, poucas pessoas aderiram ao evento. Na Penha, houve barulho feito por moradores que vivem perto da estação de metrô. No interior do bairro, houve silêncio.

Em Mairiporã, na Grande São Paulo, muitos moradores da cidade que trabalham em outros locais ainda chegavam a suas casas no momento do programa. Nada de protestos.

“Aqui ficou silencioso, como um dia qualquer”, comentou Elton Freitas, 21, motoboy e morador de Embu das Artes.

Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos, Itapevi, Santana de Parnaíba e Carapicuíba também não tiveram panelaço nem protestos, segundo os correspondentes do blog.

Em bairros da zona sul de Osasco, também não houve registro de manifestações."

Nenhum comentário: