Marco Aurélio: Cunha estupra a Constituição

"A tornozeleira tarde mas não falha.

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

"O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, concedeu entrevista à Rádio Gaúcha e ressaltou o atropelamento da Constituição cometido pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na votação sobre a redução da maioridade penal.

“A Câmara tem um regimento interno, mas acima dele está a Constituição Federal. E o guarda maior da Constituição é o Supremo Tribunal Federal”, declarou o ministro.

“Temos uma regra muito clara que diz que matéria rejeitada ou declarada prejudicada só pode ser apresentada na sessão legislativa seguinte. E nesse espaço de tempo de 48 horas não tivemos duas sessões legislativas. O vício formal salta aos olhos”, complementou Marco Aurélio Mello.

Esta não é a primeira vez que Cunha “estupra” a Constituição."
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário: