Assa a batata do Del Nero. E da Globo…


"Não se recomenda aos filhos do Dr Roberto por os pés fora do Brasil …

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

No Estadão:

Americano pode ser uma ameaça a Del Nero em investigação

Presidente da Traffic negocia delação premiada nos EUA


Um dos principais executivos da Traffic negocia uma delação premiada com a Justiça norte-americana, em uma iniciativa que pode colocar em risco a posição do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, e do ex-dirigente Ricardo Teixeira. Uma carta obtida pela reportagem revela que Aaron Davidson, presidente da Traffic nos Estados Unidos, está negociando um acordo para cooperar na investigação sobre as propinas da empresa para entidades esportivas, entre elas a CBF.


A carta foi enviada pelos procuradores do caso para a Corte Federal no Brooklyn, em Nova York. Nela, os procuradores apontam que Davidson estava “ativamente comprometido em negociar um acordo”.

O executivo foi preso em maio, na operação do FBI contra a Fifa. À reportagem, fontes próximas ao caso confirmaram que a iniciativa envolvendo Davidson pode levar o processo a chegar mais perto dos brasileiros, principalmente no que se refere às propinas recebidas por membros da CBF para a Copa América.

Em uma das acusações, a Traffic negociou o pagamento de US$ 110 milhões em propinas para os dirigentes sul-americanos. Parte do pagamento, porém, seria destinado para eventos que ocorreriam já na presidência de Del Nero. A mesma Traffic teria compartilhado uma propina com Ricardo Teixeira no contrato com a Nike e negociado também nos Estados Unidos.

(…)


Em tempo: O Del Nero, como se sabe, não sai de São Paulo há muito tempo… PHA

Nenhum comentário: