Jean Wyllys: pauta conservadora de Cunha esconde corrupção


Para mim, uma pessoa que investe em uma pauta conservadora, que alimenta ódio e estigma sobre segmentos da população para criar uma cortina de fumaça que esconda as denúncias de envolvimento dele em denúncias de corrupção é um sacripantas”, afirmou o deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ), ao comentar temas que vêm sendo colocados em pauta no Congresso Nacional, como a 'cristofobia', na gestão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

Brasil 247

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) bateu duro no presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que prometeu urgência em votar o projeto que transforma em crime hediondo a chamada 'cristofobia', discussão nascida depois que uma transexual se manifestou na Parada Gay, de São Paulo, numa cruz.
 
“Para mim, uma pessoa que investe em uma pauta conservadora, que alimenta ódio e estigma sobre segmentos da população para criar uma cortina de fumaça que esconda as denúncias de envolvimento dele em denúncias de corrupção é um sacripantas”, disse Wyllys.

Cunha é um dos mais de 40 denunciados pela Procuradoria Geral da República, no escândalo da operação Lava Jato. Acusado de usar requerimos internos da Câmara para pressionar doadores de campanha, Cunha nega participação no esquema de corrupção investigado na Petrobras."

Nenhum comentário: