Globo e CBF mandam tapar nome do Allianz Parque antes de jogo do Palmeiras


Do lance

"Horas antes do apito inicial para Palmeiras e Atlético-MG, os letreiros que continham o nome do Allianz Parque no anel inferior da arena tiveram a marca da seguradora alemã tampada. De acordo com a WTorre, foi uma determinação da CBF, que não deseja ver marcas que não têm acordo de patrocínio com o Campeonato Brasileiro exibidas ali.

Globo e CBF consideram esses letreiros uma segunda linha de publicidade estática – a primeira linha é composta pelas placas ao redor do gramado – e por isso podem decidir o que é permitido exibir ali. Segundo Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, o clube e a WTorre não têm poder de vetar a decisão.

Os letreiros foram descobertos sem explicações antes de a bola rolar, chegaram a ser tampados novamente durante o primeiro tempo, mas depois voltaram a ser exibidos. A Allianz fechou contrato de 20 anos para os naming rights do estádio e pagará R$ 300 milhões por isso."

Nenhum comentário: