Gasolina cara ou barata? O Brasil está exatamente no meio, entre 170 países


Fernando Brito, Tijolaço 

Toda hora você escuta que o Brasil está “lá em cima” nos índices de deficiências: em educação, saúde, burocracia, etc. Muitas vezes é verdade.
Mas escuta e lê nas redes sociais (e às vezes no jornal) que a gasolina brasileira está entre as mais caras do planeta.

Como esta discussão veio à tona depois que a Petrobras apresentou um ótimo resultado em seu balanço, expurgado do que devia e do que não devia ter sido cortado, algumas pessoas atribuíram isso ao preço da gasolina aqui.

Como eu tenho uma vaga ideia de que o papel do jornalismo é informar – e, ao opinar, fazê-lo com base em fatos – já tinha conseguido alguns dados sobre o assunto.

Agora, com a ajuda de um leitor, publico um aplicativo que permite saber o  preço de gasolina e diesel em qualquer país do mundo (são 170 na lista), em qualquer moeda que se deseje.

O Brasil está exatamente no meio da tabela, no preço de bomba.
Acima dele, além dos Estados Unidos, onde gasolina é uma espécie de deusa nacional, a imensa maioria é dos países que nadam em petróleo.

Escolhendo o país e a moeda, dólar ou real, você pode chegar às suas conclusões, sem se emprenhar pelos ouvidos com a história de que a gasolina – cuja matéria prima, o petróleo, custa a mesma coisa em qualquer parte do mundo, exceto para as petronações. E convém lembrar que apenas 1/3 do preço da gasolina é o valor pago à Petrobras para produzi-la."

Nenhum comentário: