Cunha articula convocação de Janot pela CPI


"Requerimento que pede a convocação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot foi apresentado pelo deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, aliado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB) e está pautado para a reunião da próxima quinta-feira (14); o presidente da comissão, Hugo Motta (PMDB-PB), já fala em “crise institucional” caso o procurador apresente um mandado de segurança do Supremo Tribunal Federal (STF) para não comparecer à CPI

Brasil 247

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já mobiliza a Casa para aprovar a convocação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para prestar depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras.

O requerimento que pede a convocação de Janot foi apresentado pelo deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, seu aliado, e está pautado para a reunião da próxima quinta-feira (14).

O presidente da comissão, Hugo Motta (PMDB-PB), já fala em “crise institucional” caso o procurador apresente um mandado de segurança do Supremo Tribunal Federal (STF) para não comparecer à CPI:

"Impedir este comentário de uma crise institucional ninguém vai impedir. Será uma crise institucional porque envolve os representantes de cada poder", disse.

Na última semana,o presidente Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acusou Janot, que decidiu dar continuidade ao inquérito sobre sua participação na Lava Jato, de ter uma "querela" desde que foi contestado por ele: "Ele escolheu a mim e está insistindo na querela pessoal porque eu o contestei. Virou um problema pessoal dele comigo", afirmou.

Leia aqui a reportagem de Luciana Lima sobre o assunto."

Nenhum comentário: