Mano Brown, Aécio Neves e a arte de ser liberado numa blits


Kiko Nogueira, DCM

"Mano Brown foi preso depois de ter seu carro parado numa blitz numa avenida na região de Campo Limpo, em São Paulo.

Brown teria cometido “desobediência, desacato e resistência”, segundo a PM. A carteira e o IPVA estavam vencidos desde 2012 e o carro estava no nome de sua mãe.

Seu advogado diz que ele foi “levemente agredido”. “Pediram para ele colocar as mão sobre o capô. Ele colocou e os policiais puxaram seus braços para pôr as algemas. Ele pediu calma e eles o jogaram no chão”, afirma.

O defensor do músico garante que há um vídeo provando os maus tratos.
Os soldados podem pedir os documentos de qualquer cidadão e a obrigação do cidadão é tê-los em dia, evidentemente.

Agora: se esse cidadão é o mesmo que escreveu “não confio na polícia, raça do caralho”, a chance de que ele terá problemas cresce exponencialmente. Ele precisava ter sido detido? As circunstâncias ainda precisam ser esclarecidas.

Mas vejamos o caso do nobre senador Aécio Neves.

Em 2011, Aécio caiu num comando da Lei Seca no Leblon. Foi de madrugada. 

Estava com a habilitação vencida — ele “não sabia” — e recusou-se a fazer o teste do bafômetro, considerado uma infração gravíssima (7 pontos e multa de 1 000 reais).

Os policiais, como no caso de Mano Brown, reconheceram o motorista. Só que, nesse caso, ele foi liberado e voltou para o aconchego do lar, após providenciar um estafeta sóbrio para pilotar o veículo.

Aécio, de acordo com sua assessoria, “cumprimentou a equipe policial responsável pelo profissionalismo e correção na abordagem”.

A história de Mano Brown foi matéria do Jornal Nacional, acabo de ver. A de Aécio passou batido. Claro que por descuido do pessoal, certo, mano?

Imagine, apenas imagine, se Brown tivesse tomado uma latinha de Skol.

Agora: não é verdade que, com a detenção de Mano Brown, quem entra em sua lugar nos Racionais MC’s é Aécio Neves. Esse tipo de boato não leva a nada."

2 comentários:

Galvam disse...

Mais uma idiotice do Nogueira Jr., serviçal incomparável da esquerda lesa-pátria que danifica o país a cada dia.
Mas vejamos, para numa Blitz da lei-seca Aécio Neves foi gentil e afável o tempo todo e em nenhum momento quis ou impôs a sua condição de autoridade política para tentar subjugar a autoridade policial. Como resultado foi lhe oferecido uma solução justa, por estar com habilitação vencida providenciou uma pessoa para conduzir o veículo de sua propriedade e foi liberado. Em nenhum momento foi submetido ao teste do bafômetro ou o recusou, foi multado por estar conduzindo veículo com habilitação vencida e licenciamento atrasado! Há de se destacar que não previsão de prisão para habilitação vencida.
E o Mano Brown Bom esse aí já pulou do carro apontado o dedo para a autoridade e querendo dar uma de ativista político questionando o modo da abordagem (e isso num bairro super-perigoso da periferia, aonde quem tem carrão é bandido ou é o Mano Brown), instado a se identificar chamou os policiais de analfabetos culturais por não saber que é ele (apesar que merda todo mundo conhece!) Foi preso e levado para a carceragem por justa razão!Deveria ter sido trancado e jogado a chave fora!

André Luiz de Paula disse...

Pior de tudo são os comentários... gente analfabeta que não é capaz nem de entender um texto. A posição política é motivo pra td hj em dia, e a culpa é sempre do coxinha ou do petralha... cansou já.
O problema do Brasil não é esquerda petralha nem a direita coxinha, é o brasileiro q é uma merda mesmo. Essa situação política só serve para tirar a coerência da cabeça das pessoas e mostrar q o brasileiro q é culpado disso td. Não adianta reclamar, temos o país de merda q merecemos.