Igrejas arrecadam R$ 20 bilhões no Brasil em um ano


Lucilda da Veiga paga dízimo com
cartão de débito em igreja
evangélica de Brasília

Flávia Foreque, Folha de S. Paulo

“Em um país onde só 8% da população declaram não seguir uma religião, os templos dos mais variados cultos registraram uma arrecadação bilionária nos últimos anos.

Apenas em 2011, arrecadaram R$ 20,6 bilhões, valor superior ao orçamento de 15 dos 24 ministérios da Esplanada --ou 90% do disponível neste ano para o Bolsa Família.

A soma (que inclui igrejas católicas, evangélicas e demais) foi obtida pela Folha junto à Receita Federal por meio da Lei de Acesso à Informação. Ela equivale a metade do Orçamento da cidade de São Paulo e fica próxima da receita líquida de uma empresa como a TIM.

A maior parte da arrecadação tem como origem a fé dos brasileiros: R$ 39,1 milhões foram entregues diariamente às igrejas, totalizando R$ 14,2 bilhões no ano.”
Foto: Sérgio Lima/Folhapress
Matéria Completa, ::AQUI::

7 comentários:

Anônimo disse...

Não adianta reclamar, falar mal dos líderes de idiotas, fdp, falar mal da religião alheia, como fazem a maioria dos que não acreditam em Deus ou seguem alguma religião. As pessoas têm de ser menos idiotas a ponto de pagarem rios de dinheiro em dízimo. Se estudassem mais a Bíblia ao invés de apenas escutar oq falam em igrejas ou templos, veriam que o dízimo nada mais era que um meio de sustentar uma nação que não existe mais, os levitas. Eles cuidavam da parte espiritual das outras tribos, por isso não trabalhavam nem cultivavam nada. As outras tribos tinham que dar 10% de tudo que produziam. Hoje, os templos têm que pagar impostos sim. Água, luz, etc...mas daí a sustentar vagabundos é outra coisa! Acorda povo!!

Anônimo disse...

desculpa.Editei meu comentário e pareceu sem sentido. Disse que "Não adianta falar mal dos líderes, os chamar de idiotas, como fazem a maioria dos que não acreditam em Deus e que não seguem alguma religião."

ateuedai disse...

Anônimo, templos religiosos não pagam impostos. Água, luz e etc não são impostos, são tarifas (preço público).

Carrion disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcos Júnior disse...

Por mais que tentemos falar sobre os valores exorbitantemente que muitas pessoas pagam em dízimos, ofertas, mensalidades, cantinho no céu, etc muitas pessoas acham que estamos ofendendo sua religião, eu por exemplo já cansei de falar para muitos amigos que são fanáticos por suas supostas religiões, que não há necessidade, de se prejudicar financeiramente em pro de uma religião, porque afinal religião não tem nada haver com dinheiro, mais sim em viver em harmonia, fazendo o bem sem olhar a quem. Então temos que nos perguntar será que Deus só nos enxerga quando estamos em uma igreja, um templo, em um centro ou quando estamos fazendo uma boa ação para o próximo ou simplesmente pensado nele, porque para mim que sempre penso em Deus a vida segue perfeitamente, e sei que meus atos falam muito mais alto que minha palavras.

Control C disse...

E as empresas de bebidas alcoólicas? E a prostituição? E as emissoras de TV e rádio?


Só por que a igreja católica representa 80% dos cristãos no Brasil e os católicos dizem que a igreja católica é pobre?

Estão todos errados...

Rafael disse...

É obvio ululante, que Deus algum, precisa de dinheiro.
acontece que o povo,tem a mente fraca,nao sabe votar,nao sabe assistir uma tv, nao sabe reclamar,aceita tudo, este mesmo povo acefalo, acha certo, pagar,pagar e pagar para estes vigaristas calhordas que sao os lideres religiosos(com enfase nos evangelicos em geral)
Cambada de Asnos, Deus é Gratuito,ele esta ao seu alcançe pela sua FE.Voce pode fazer milagres com ela, basta acreditar e REALMENTE ter fe.
Resumindo, a humanidade esta ainda a anos luz da evoluçao moral e espiritual.
Posso Reclamar disto?Nao, pois tambem estou no mesmo barco, chamado planeta terra.