Luciano Huck vai processar Rafinha

Altamiro Borges, Blog do Miro

"Em nota divulgada ontem à noite, o apresentador global Luciano Huck, que foi barrado por uma blitz da Lei Seca no Rio de Janeiro e se recusou a fazer o teste do bafômetro, informou que vai processar o “humorista” Rafinha Bastos. Logo após o incidente, o ex-CQC não perdeu a chance e disparou contra o rival da TV Globo. “Da próxima vez, vai de táxi, seu bosta”, ironizou Rafinha, numa referência ao antigo sucesso musical de Angélica, esposa de Luciano Huck e também estrela global. A reação às “grosserias” foi imediata.

Numa nota lacônica, sua assessoria de imprensa informou: "Sobre a apreensão da sua CNH, Luciano Huck já se manifestou a respeito em sua fanpage no Facebook. Quanto à discussão gerada, não existe a necessidade de nenhum comentário extra por parte do apresentador que ressalta que discussões positivas são sempre bem-vindas. Sobre as grosserias gratuitas e desproporcionais, ele entende que este assunto deve ser tratado nas esferas do judiciário. E assim será”.

Baixarias das celebridades midiáticas

A rápida reação acuou novamente o agressivo “humorista” e o ex-CQC apressou-se em pedir desculpas. “Li e reli o meu post anterior e decidi escrever. Personifiquei a minha ira contra a hipocrisia do planeta na figura do Luciano Huck... Acabei transformando o caso em um palanque para despejar uma série de ofensas pessoais contra o trabalho do apresentador. Atitude desnecessária. Feia. Eu poderia ter exposto a minha opinião de uma forma muito mais inteligente e eficiente. Não sei se haverá algum processo judicial contra mim. Não é esta a questão. Estou aqui apenas para deixar claro que desta vez sinto que me equivoquei. Errei e por isso peço desculpas”, escreveu Rafinha.

O caso pode não dar em nada e sumir da mídia – o que é muito comum no país. Mas ele serve ao menos para desmistificar o mundo das celebridades midiáticas. Luciano Huck sempre foi apresentado como um exemplo de “bom-mocismo” – foi até capa da revista Veja, que adora queimar a língua (vide Demóstenes Torres, o “mosqueteiro da ética”). Recentemente, ele chegou a ser cogitado pelo PSDB para ser candidato. Agora, é flagrado numa blitz e foge do bafômetro. Já Rafinha é uma das maiores expressão do humorismo reacionário do país. Eles se merecem!

*****

Só para se divertir com as baixarias no mundo das celebridades, leia o que Rafinha escreveu sobre Huck antes de se “arrepender” e pedir desculpas:

Luciano, você bebeu antes de dirigir. Fez merda. Mas não se preocupe: Para a maioria do país, comunicador FDP não é aquele coloca a vida dos outros em risco, é aquele que fala o que pensa. Fique tranquilo.

No fundo você está pensando: "Só bebi um pouquinho e estava a 20 Km/h. Essa lei é muito radical no Brasil e com a dose que bebi, eu não seria sequer multado em nenhum outro país". Não é isso que está na sua cabeça? Eu sei que é. Eu conheço cabeça de playboy inconsequente.

Mas é claro que você não vai dizer nada disso. Sabe porque? Porque dizer o que pensa é mais arriscado do que dirigir alcoolizado. Você nunca falou nada que desagradasse o seu público, não é em um momento de crise que você irá fazer isso, tô certo?

Você não vai jogar fora toda uma credibilidade construída durante anos de assistencialismo barato na TV, não é?

Para se sair bem desta, segue a minha dica: Fala que não agiu certo. Isso. Veste aquela máscara de celebridade arrependida e vai pra TV fazer de conta que você se importa com o assunto. Melhor ainda... faz campanha contra a combinação direção + álcool. Perfeito! Nossa, vai pegar super bem! O povo vai te amar ainda mais.

Genial.

Bem... nem sei porque estou aqui dando dicas. Você sabe muito bem o que fazer, afinal, teatrinho falso na TV é a tua especialidade.

Tenho certeza que tudo vai acabar bem.

E da próxima vez, se não for atrapalhar muito a sua vida, tenta não colocar a vida dos outros em risco. Pega um táxi, seu bosta."

Comentários

  1. Dizem que o ataque é a melhor defesa. Disso se vale o tucano Hulk, que se julga tão especial a ponto de possuir uma praia particular junto a sua mansão,para colocar uma cortina de fumaça sobre o delito cometido, logo ele, que deveria dar bom exemplo como pessoa famosa. O CQC, como a maioria dos programa da TV aberta, com honrosa exceção da TV Brasil, não vale nada, mas neste caso lhe darei razão, como a tudo que vai contra aaaquele lixo de canal e jornal.

    ResponderExcluir
  2. Quando assassinaram o Edinaldo deram 13 tiros nele (número do PT), sendo que o último foi em seu anus por ele ser homossexual. Agora querem dar um golpe pela (in)justiça e tirar a vitória que o povo deu nos votos ao PT, entregar o poder aos assassinos do PSDB. Peço ajuda na divulgação deste caso.

    http://blogdadilma.com/index.php/politica/1488-sos-serra-do-mel-rn

    ResponderExcluir

Postar um comentário