Insulto de colunista da Veja a Niemeyer causa revolta na web



Blogueiro de Veja.com definiu arquiteto como "metade gênio e metade idiota"; em resposta ouviu dos próprios leitores que é 100% idiota


Iconoclasta, o blogueiro Reinaldo Azevedo decidiu criticar Oscar Niemeyer, a quem chamou de "metade gênio e metade idiota", no dia de sua morte. Resultado: uma avalanche de protestos na web. Abaixo textos de Reinaldo, chamado de completo idiota na rede, depois do insulto ao arquiteto:

Ai, ai, grande revolta no Twitter e também aqui porque me referi, num post publicado no fim da noite (abaixo), a Oscar Niemeyer, que morreu ontem, como “metade gênio e metade idiota”, na pista de Millôr Fernandes, que assim definiu um de seus parceiros de “Pasquim”. Os mais revoltados, como sempre, não leram o que escrevi. Os ainda mais revoltados leram e não entenderam zorra nenhuma. Escrevo para quem lê com o cérebro, não com o fígado militante. De fato, trata-se um de um artigo elogioso ao trabalho do arquiteto, não o contrário. A metade idiota ficou por conta de sua adesão estúpida ao comunismo chique.


Ora, vão plantar batatas! Fiz com ele, aliás, o que os comunistas não costumam fazer com seus adversários políticos: reconhecer a grandeza da obra, independentemente das escolhas ideológicas do autor. Niemeyer pode ter sido tudo – inclusive o arquiteto de primeira grandeza –, menos o “poeta” humanista que está sendo exaltado nas reportagens de TV. Muito pelo contrário.

Não houve tirano comunista – a começar do próprio Stálin, de quem era devoto – que não tenha incensado; não houve regime de força de esquerda que ele não tenha aplaudido. Reconhecer, a despeito disso, a sua obra é coisa que, data vênia, liberais conservadores como eu costumam fazer. Com os comunas, é diferente. Aqueles de quem Niemeyer puxava o saco mandavam e mandam seus desafetos para a cadeia ou para a morte. Perguntem se a Cuba de Fidel Castro reconheceu a poesia de Cabrera Infante ou de Reinaldo Arenas. Perguntem se as esquerdas admitiram a grandeza de Jorge Luis Borges.

Niemeyer como expressão humanista? Não mesmo! Tinha, sim – e também acho besteira negá-lo –, um talento imenso, que transcendeu sua indigência política. É bem verdade que, aqui e lá fora, contou com amplo financiamento de governos – muitos deles eram ditaduras – para realizar seus monumentos.

Mas nem isso me faz mudar de ideia. Mesmo os artistas “da corte”, se genuinamente bons, conseguem superar a contingência de estarem atrelados ao poder. Não que esteja comparando, mas é o caso do maior poeta de todos os tempos, Virgílio. É o caso de toda a arte renascentista. A produção não precisa ser marginal ou contestar valores dominantes para ser grande. No ensaio “O que é um clássico?”, Eliot empresta essa condição a Virgílio justamente porque o vê como a síntese de uma civilização triunfante.

Na verdade, fiz um elogio ao Niemeyer arquiteto, não o contrário. E deplorei uma vez mais sua ideologia, que justificava os piores facínoras. Mas a turma que zurra e escoiceia, sem entender uma linha do que leu, mandou brasa.
Entendo a razão. Andei lendo alguns perfis derramados que já estão nas redes e nos jornais. Curiosamente, fala-se pouco do arquiteto e muito do suposto humanista. A sua adesão ao comunismo (ou a defesa que fazia do regime, já que militante propriamente nunca foi; dava dinheiro para a causa), curiosamente, é apontada como um dos traços de seu… humanismo! Ora, tenham paciência! Isto, sim, é nauseante e evidencia uma crise de valores que toma conta de setores consideráveis da imprensa.

O que há de glorioso em defender tiranias?O que há de generoso em apoiar ditaduras?

O que há de humanista em apoiar homicídios em massa?

Se Niemeyer fosse um fascista, estaria a merecer essas considerações? Não! E seria justo que não! Por que um fascista deveria ser elogiado por sua ideologia? Mas me respondam: e por que deve um comunista? Leio coisas assim: “Ele amava a vida!”. Certamente não a dos que morreram nos gulags. Qual é?

Ao arquiteto Niemeyer, a metade genial, o meu aplauso. Ao comunista Niemeyer, a metade idiota, reitero o meu desprezo. Abaixo, um pequeno apanhado dos zurros (conforme o original):

O André Mortatti escreve:“Que triste lê-lo, Reinaldo. És um completo idiota. triste testemunhar tua imensa ignorância.”

Onde está a minha “ignorância”? Ele não disse. Só não refreou o desejo de me ofender.


O Rodrigo, à diferença de Niemeyer, acredita em Deus e, segundo entendi, decidiu encomendar a minha alma, como faziam os inquisidores quando condenavam alguém à fogueira para o seu próprio bem:

“Deus há de aplacar essa animosidade delirante que você têm dentro de você e te dar paz.”


O José Natalino, que não tira as duas mãos do chão por convicção, escreve isto:“O Sr. é de extrema direita. Tenho nojo… felizmente pessoas como o Sr. são vistas como lunáticos… ninguém o leva a sério… claro que esxistem os debeis mentais que lhe adoram.. mas são isso… débeis mentais insignificantes… sem o salario do psdb o Sr nao seria um mero idiota falando bobagens”

O Natalino esqueceu que era Niemeyer quem levava dinheiro dos governos, de qualquer partido, para erigir seus monumentos.


O Fernando Freitas já acha que a crítica só deve ser feita por celebridades. Segundo o seu critério, uma opinião de Tiririca sobre filosofia é mais importante do que a de Schopenhauer:“Esse Reinaldo Azevedo é o famoso quem mesmo?

Para a maioria do povo brasileiro ele é um ilustre desconhecido metido a intelectual sem passar de um mero “IMBECIL”, só tenho um adjetivo para esse senhor. DESQUALIFICADO!!!!!”


O Luiz Gonzaga ficou sem palavras:

“que desespero de ler isso”.


O Thiago escreveu o texto impossível:“Ainda bem que ninguém liga para o que você pensa.”

Ninguém, exceto o… Thiago!


A Maria da Piedade Peixoto dos Santos, veio com todos os seus sobrenomes:“Reinaldo há muito tempo não tenho o desprazer de ler um texto tão fora de propósito como esse seu amontoado de bobagens. Um gênio com Niemeyer prescinde de ser unanimidade, já que a unanimidade é burra, como pontificava Nelson Rodrigues. Aceito que vc ache isso que disse dele. Mas hoje, só hoje … porque não te calas, Reinaldo?”

Não sei se entendi direito, mas acho que ela me pediu para ser burro só por um dia…


O Ney Torres parece que andou consumindo ideias pesadas. Ou comeu muita banana Leiam:“Que me desculpe a revista VEJA mas este “jornalista” só podia está bêbado ao escrever tamanha idiotice…chamar de idiota os defensores do anticapitalismo só pode vir de alguem que não enxerga q o capitalismo está se destruindo.É nítido que esse câncer está agonizando…”

Agora que sei que o capitalismo vai acabar, vou me preparar para ser um chefe comunista…


A Catarina decidiu fazer uma digressão sobre a língua portuguesa. Vejam com que graça:“Caramba, que tristeza…A língua portuguesa, nos presenteada por tantos poetas e escritores, retorcida e deformada para tomar a forma de um texto deplorável.”

Se eu verter o que ela escreveu para o português, talvez entenda…

O Fábio Oliveira acha que o comunismo não é coisa deste mundo:“Cuidado! O céu com certeza é mais comunista que capitalista. Quando você chegar lá, esses idiotas vão te pegar! corre cabeçudo!ah ah ah!”

Alguém me explica por que ele riu?


A Anelisa já é, assim, mais visceral:

“Nojo de cada palavra que você escreve.”


Retomo

E assim segue uma parcela da humanidade, zurrando com desenvoltura. Tive a delicadeza – não que devesse isso a ele; devo à cultura – de distinguir a obra de Niemeyer dos regimes homicidas que ele defendeu. Apontei a metade idiota de um vivo (não de um morto!!!), reconhecendo o que chamei de “metade genial”. Ele próprio considerava que a morte de 40 milhões na União Soviética ou de 70 milhões na China era o justo preço que se pagava por uma utopia.


A sua metade idiota era também asquerosa. Nunca se preocupou com os poetas, os músicos, os bailarinos, os escritores e os arquitetos que a União Soviética e os demais países comunistas mandavam para os campos de trabalho forçados. Se chamado, iria lá e ainda construiria um de seus monumentos para abrigar os “reacionários”. Em nome do povo!
Vá estudar, cambada de 100% de idiotas!

PS – Viram só de quanta coisa eu os livro impedindo essa gente de tomar conta dos comentários? Aqui não! Eles até podem me ler porque são viciados em mim. Mas sem direito a voz e a voto na nossa casa. Há milhares de blogs por aí precisando de gente assim, certo?

Por Reinaldo Azevedo”

45 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom, falou tudo! As pessoas no Brasil não sabem ler, e se leem um frase que os desagrada, já criam uma revolução. Concordo com o posicionamento do colunista que foi sóbrio. Niemayer foi um gênio da arquitetura e ponto. De resto, um comunista sem amor a vida do próximo.
E como disse Robin Williams certa fez em uma entrevista que tinha falado algumas coisas do Brasil, e acabou em revolução: "O Brasil é uma velha gorda de 70 anos de bikini na praia que não admite que a chamem de velha e de gorda, mas vai mesmo assim, para a praia de bikini"

zejustino disse...

"As pessoas no Brasil não sabem ler..."
"...um comunista sem amor a vida do próximo."


Só mesmo o boçal CALUNISTA da sujíssima da Abril para chamar Niemeyer de idiota. Só mesmo os "idiotés" -aqueles que pouca importância dão aos interesses da coletividade- para insinuar que o grande arquiteto era um individualista sem amor a vida do próximo.

Atentem para o recorrente argumento IDIOTA dos serviçais da direita:

"As pessoas no Brasil..." .

O autor da "pérola" tenta se excluir como brasileiro.
Se não se exclui, é também um "idiota" como ele mesmo afirma.

Anônimo disse...

Intelectuais de blogs....hunf

Paulo Braga disse...

Me mostre um comunista rico em um pais de pobres, e eu te mostro um mentiroso.

Anônimo disse...

O Reinaldo Azevedo tem toda razão, não se nega que ele era um bom arquiteto, porém não era um democrata, defendia o totalitarismo, assassinatos, a expropriação de bens privados como todo comunista faz.

Anônimo disse...

muito bem, creio que estamos num país "democrata",ou que assim prefiram chamar.(já que sou obrigado a sair de casa para votar em branco ou nulo). Voc~e tem todo direito de não concordar com as idéias de Niemeyer ou quem quer que seja. realmente o pensamento comunista levou muita gente a morte.continue sendo pensador e crítico, pois está muito bem baseado na democracia e ele que se foi,também tinha seu lado normal não era gênio nenhum. parabéns

Anônimo disse...

Tu esta coberto de razão. Teu texto falou a verdade, dura e simples. Parabéns!
Henrique - Porto Alegre - RS

Anônimo disse...

Não sou um grande conhecedor da história do referido arquiteto, portanto não posso opinar sobre isso. Mas torna-se cada vez mais evidente o efeito do baixíssimo ranking educacional brasileiro: não lê; quando lê, não entende; não entende, e se revolta.
Concordando ou não, a argumentação é válida e abre margem para discussão...contudo o jeitinho brasileiro beatifica todos que morrem, não é?

Anônimo disse...

Olha, quem tem que estudar alguma coisa aqui seria você.
Você não sabe nem 1/3 daquilo que pensa e tenta mostrar que sabe.
Infelizmente pessoas como você viram alvo de criticas, até que corretas, apesar da falta de clareza e comprovação daquilo que se fala.
Mas trabalhando na 'Veja', não esperava menos: um arrogante, tolo e estupido burro.

Anônimo disse...

Infelizmente no Brasil, depois que um famoso morre ele vira automaticamente santo, adorado, louvado e o escambau.

Fred disse...

Parabéns Reinaldo pelo excelente texto !

Como de costume os que xingaram é porque não leram.

Conseguiu separar de forma nítida o Gênio Arquiteto do Tolo Comunista defensor de governos assassinos.

Fazer o que ? Se a esquerda que se considera dona do intelecto brasileiro não consegue ao menos interpretar um texto.

Só lhes resta relinchar...

tony disse...

Falou tudo que tenho dito, ele era um apoiador da ditadura de fidelcastro, vivia em cuba fumando charuto cubano enquanto muitos morriam nas prisões. Falou e Disse.

Anônimo disse...

Como ser blogueiro...
1- o comentarista é cristão???
na resposta cite a santa inquisição!!!

pelo amor de Deus, eu não concordo com a inquisição, não ache que eu queira queimar as pessoas

empalador. disse...

Veja bosta?
Nem li.

Anônimo disse...

Texto muito bom! Como sempre o povo brasileiro mostrando a que veio ao mundo: votar errado, não saber ler e comentar merda.

Anônimo disse...

No Brasil é simples:
MORREU? Vira SANTO!
Niemeyer era um admirável arquiteto,sem dúvidas.
Humanista? Faz-me rir!
Muito fácil defender o COMUNISMO de um apê maravilhoooso na zona sul carioca, fumandos uns bons charutos cubanos e promovendo festas de gastos astronômicos...POUPE-ME.
Quem ai defende Niemeyer como "humanista" deve pensar o mesmo de caras como Hitler e Stalin, que mataram milhões em nome de uma ideologia...100% idiotas!
A ignorância nos dias de hoje tem se tornado uma benção.

Kalú disse...

Concordo em gênero número e grau. É bom saber que tem gente que pensa assim pra contrapor os idiotas que ainda defendem o indefensável.
Niemayer morreu com 104 anos é até compreensível que uma pessoa tão antiga tenha acreditado que o comunismo pudesse funcionar, o triste é que ele tenha morrido acreditando mesmo depois de tantos fracassos do sistema político o que prova sua metade idiota.

Anônimo disse...

Concordo 100% com o que o Reinaldo escreveu. Respeito as opiniões em contrário, mas muitos penas ficaram na frase do título do texto dele e não LERAM o conteúdo.

Anônimo disse...

Parabéns! Parabéns!

tenho 27 anos e esta é a primeira vez que comento em um blog.
nao pude resistir ao ver o trabalho que o Reinaldo teve para colocar em pratos limpos o que escrevera para revoltados defensores dos "mortos santos".

com licensa das regras gramaticais, por pura preguiça, venho manifestar meu total apoio ao texto e as idéias do Reinaldo.

fico impressionado com essa legião de ignorantes que pensam que entendem de politica, historia, socioligia e outros, por ouvirem falar em mesas de bar ou outros blog na internet.

sim, essas pessoas existiam mesmo antes da internet, mas a diferença é que hoje, por ouvirem alguem falar ou por deduções ilógicas, elas, acobertadas pelo anonimato da internet e sem o minimo de retorica em suas ponderações, acham que estao aptas a criticar uma idéia bem construida e baseada em fatos, que somente poderia ser combatida, caso alguem discordasse, por texto de mesmo gabarito.

parabens novamente pelo texto e pela coragem.

sim, ele foi um grande arquiteto.
só.

Anônimo disse...

Parabens pelo texto. Idiotas são os que não o entenderam.

Anônimo disse...

O principal problema não foi só o comentário, mas sim no contexto que ele foi publicado. Se ele fizesse um texto parecido com esse daqui a alguns meses, sem problema, mas com a morte dele se torna um comentário completamente inadequado. Além disso a opinião política não deve influenciar no julgamento do caráter das pessoas, afinal, minha ideologia prega que Getúlio foi em parte, melhor que FHC, a extrema direita que os colunistas da Veja defendem

Kdu disse...

Vou ser sincero. Não sabia desse lado comunista do Niemeyer até ver sua história comentada em vários canais de TV, e juro que fiquei impressionado.

O reconhecimento da arquitetura do Niemeyer é impar. Sempre que olhamos uma obra dele, reconhecemos na hora seus traços. É indiscutível.

Agora, ver um senhor que pensava que nem Fidel, Lenin, Stalin, Guevara... realmente é de concordar sobre a definição do Reinaldo.

Infelizmente, vou repetir o que já disseram aqui: morreu no Brasil, é santificado.

Será que é por isso que dizem que Deus é brasileiro??...

Caio Arruda disse...

Posso até não concordar com o que diz, mas respeito o seu direito de dizer, me indignaria se seu texto tivesse a intenção de ofender, mas ao que me parece conseguiu atingir o objetivo que entendo ser gerar uma discussão não sobre as metades do "Gênio", mas sobre as ideologias, as falácias brasileiras, e as adorações desmedidas e essas sim "idiotas". Qual mal nos faz duvidar mesmo que um pouco de toda essa ostentação de um "gênio", porém humano que também se iguala a nós e como diz o adágio popular: "Também erra".

Anônimo disse...

Imagine quem será o próximo santo brasileiro:Luís Inácio Lula da Silva...é só aguardar!

Anônimo disse...

Falou tudo, este senhor foi um arquiteto como qualquer outro, mas o que o difereciava ele de outros era o seu puxa saquismo e grande influencia em meio aos governos, vejo que a Globo fez de tudo para comover o povo brasileiro e passar uma imagem humanizada de Niemayer, então por ai já não o vejo como um grande ser humano, apenas mais uma pessoa a serviço de qualquer governo como a própria Rede Globo, fazendo fortunas com a miséria da maioria.

Faz tudo em casa... disse...

Honestamente não conheço a trajetória de vida de Oscar.
Se o que disse o blogueiro for verdade, então ele estará certo!? Ou se o que disse for mentira, então ele estará errado!?

Sinceramente não me interessa quem esta certo ou errado. O mundo não mudará em nada pela opinião desse ou outro comentarista virtual e midiático.

...só gostaria mesmo que essas mesmas pessoas que se inflamaram quanto a esse comentário do estimado arquiteto, tivesse o mesmo fervor quando um Ronaldinho Gaúcho ganha uma medalha da academia, ou quando votam e elegem um palhaço para o congresso ou aprovam através de seus legisladores leis que nos obrigam a pagar pouco mais de 40% de nosso rendimento anual em impostos e vemos essa cachorrada neste país que perde seu tempo elegendo nomes para uma mascote, elegendo sub-celebridades, etc e tal... Gastem seu tempo para melhorar a educação, exigindo leis que funcionem, façam a diferença...

Carlos Hernandes disse...

Um grande circo, é do que brasileiro gosta, o homem morreu e nem respeito damos a ele, suas escolhas e seus conceitos de certo e errado eram de interesse dele e mais ninguém. Não sou um estudioso em arquitetura para saber se seu trabalho era grandioso ou não, mas me agrada, quanto a se ele comia bananas ao domingo ou se jogava bocha aos sábados pouco importa para a grande maioria, a não ser q seja amigo pessoal ou parecido. Fácil é chutar cachorro morto, me pergunto o porque de o blogueiro não ter dado sua opinião, seja ela boa ou ruim, antes de sua morte.

Roberto Sueiro disse...

FÕRÇA REINALDO, AQUI NO OCIOSO VC GANHOU MAIS ALGUNS LEITORES QUE ERAM ENGANADOS PELA IMPRENSA PAGA PETISTA. PARABÉNS.

Roberto Sueiro disse...

Esse 247 é um exemplo claríssimo de blog financiado pelo pt. Vergonhoso.

Anônimo disse...

kkkkkkk Ótimo!! gostei de tudo que você falou, isso mesmo. A resposta ao Fernando Freitas foi a melhor!!! kkkkkk
Tá mais que certo, está certíssimo.

Anônimo disse...

Nao sei se Reinaldo tem razão em reduzir a genialidade a apenas 50%. Já ouvi pessoas criticando a arquitetura de Niemeyer dizendo ser bonita, mas pouco funcional e adaptável às modernidades.

Anônimo disse...

REINALDO: PERFEITO.
Assinado: Baltazar
COMUNISMO? Só é bom se visto de longe e sem sofrer na pele.
beto1973z@hotmail.com

Anônimo disse...

E convenhamos: que obras horrorosas ele fazia

Diário Virtual disse...

Pelo jeito ele não sabe que Niemeyer era a favor do comunismo de Marx, não esse comunismo que ele diz que Niemeyer defendia, acho estranho ele falar que Niemeyer defendia a morte em massa, pelo jeito ele não sabe nada mesmo de Niemeyer, fazer o que né, o que esperar de um colunista da veja, veja é de direita vai sempre falar mal de ideologias de esquerda.

Fábio disse...

Antes de tudo, você escreve para a VEJA, logo perde 70% da sua "credibilidade". E, aos outros que metem o pau no Niemeyer por ter sido comunista e defender seus ideais, vocês tem que calar a boca pra falar dos ideais dele. É fácil criticar a ideologia alheia, quero ver VOCÊS "DEMOCRATAS" ficarem um dia sem reclamar da sujeira desse sistema que VOCÊS ESCOLHEM VOTANDO.

Mundico disse...

Outro grande sintoma da doença esquerdista no Brasil é precisar de mitos e ídolos.Precisam de altares para colocar suas certezas doutrinárias e verdades incontestáveis.Quer ver um esquerdista ficar zangado e vomitar frases decoradas,fale mal dos seus ídolos de cartilha...

Anônimo disse...

espero que todos os direitistas daqui morram de cancer no figado militante.

Claudio Souza disse...

Interessante.
fui procurar o texto todo do colunista, e quer saber? ele esta 100% correto! certíssimo!
E conheco Brasilia e outras oBras do arquiteto pelo brasil afora, algumas são belíssimas, outras são horríveis, desconfortáveis e sem possibilidade alguma de serem usadas como moradia. mas isso é uma opinião. Quanto ao homem comunista, sempre foi um chato..
Parabens Reinaldo Azevedo. Lúcido, coeso, correto. Ganhou mais um leitor que prefere pensar a ser levado pelo sites pagos dos petistas que existem por aí os montes.
Obrigado também ao ocioso que me mostrou esse escelente colunista.

EM TESTE, PERMANENTEMENTE disse...

Eu li e entendi. Quem achou insultou ou não leu ou não entendeu.

Maninho disse...

Convenhamos que por mais gênio da arquitetura que ele tenha sido, mas exaltar um pulha como o Stálin, que nesse século só encontra em Hitler, como adversário quando o assuntoé maldade e mortes gratuitas , é idiotice mesmo. Está certo o blogueiro. De que adianta exaltar a arte e ignorar a vida?

Mauzim disse...

Concordo. Comunista rico é suspeito. Mesmo a genialidade dele era constituída de concreto e ferro de construção. Nunca vi uma construção ecológica ou adequada a uma moradia decente. Só monumentos. Prefiro elogiar um arquiteto da Ásia, que use bambu e produtos da região, fazendo habitações para o bem estar de seres humanos...

Anônimo disse...

Comuna não se preocupa em entender o que os outros escrevem, eles partem para a critica agressiva logo, matam ou pelo menos tentam matar o inimigo antes dele fincar raízes, eles se comportam como os personagnes do livro que eles não leram "A Revolução dos Bichos de George Orwell". Hoje li um artigo sobre Niemeyer que dizia que ele pertencia um grupo denominado de CHEC (Comunistas Hipócritas da Esquerda Caviar), nesse clube restrito pode se adicionar gente fina como José Dirceu, José genoino, Delubio Soares e o próprio Lula os artigos de Reinaldo Azevedo são impecáveis pena que tem muita gente com blog e com tempo livre para perseguir quem realmente trabalha nesse país.

Anônimo disse...

falou o REI DOS IDIOTAS.

Anônimo disse...

Texto interessante... Um liberal conservador falando de um comunista só poderia dar nisso!!

adrianonascimento disse...

Boa Reinaldo, precisamos de gente assim aqui...esses que acharam ruim são por que são idiotas tbm....acostumado ler e ouvir mentiras diariamente, quando lê alguma coisa que vai contra o seu mundinho politicamente correto ficam todos chocados.....em outros países são 50% de contraditório, aqui é 2% e todos ainda acham um absurdo....