Eleição tem voto por banana e dirigível alvejado por raio laser



“Em época de eleição acontece de quase tudo, mas as últimas denúncias desta campanha dão conta de que tem candidato comprando votos em troca de cachos de bananas e que até um dirigivel teria sido derrubado por "disparos de raio laser"; E ainda faltam 27 dias para o pleito

Brasil 247 / PE247

Se no Recife a disputa pela prefeitura está ganhando contornos cada vez mais sérios com a disputa entre PT e PSB e o crescimento do PSDB, no interior de Pernambuco acontecem situações, no mínimo, inusitadas. Algumas delas vão desde denúncias de compra de votos a preço de banana, literalmente, a até mesmo um dirigível abatido a “tiros de laser” no Sertão.

A denúncia da compra de votos em troca de cachos de banana foi registrada em paulista, município da Região Metropolitana do Recife. Ali, integrantes da equipe de campanha do candidato Júnior Matuto (PSB) foram denunciados por estarem oferecendo bananas junto com materiais gráficos para a captação de votos.

O oficial de Justiça Marcos Albuquerque disse que a compra de votos ocorreu na Associação dos Moradores do Conjunto Beira Mar, bairro do Janga, com o aval da líder comunitária. Quatro pessoas tiveram de prestar depoimento.

Por outro lado, tanto Matuto como o seu vice, Jorge Carrera (PC do B), negaram as informações, através da assessoria jurídica do candidato sob o argumento de que a campanha está sendo executada, com respeito e ética. O “comunista” se pronunciou em entrevista ao Jornal do Commercio dizendo que desconhecer o ocorrido. Para ele, não haveria necessidade alguma de adotar este tipo de má conduta, já que o socialista lidera as pesquisas eleitorais no município.
Agora, resta saber se a denúncia vai “amarelar” a campanha do socialista Junior Matuto.

Já em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, um dirigível com o nome e o número do prefeiturável Sebastião Oliveira (PR) foi atingido por disparos que teria sido disparados de canetas laser. O ocorrido foi no bairro de São Cristóvão. Ninguém ficou ferido e não se tem conhecimento sobre o autor dos disparos.

As informações dão conta de que a empresa Click Mídia, fabricante dos materiais publicitários, já tinha recebido ameaças de derrubada do dirigível, com 8 metros de comprimento e 2,5 de altura. Um dos sócios da instituição, Francisco André Alves André de Sá formalizou um boletim de ocorrência na Delegacia do município.

Outro caso que chamou a atenção nos últimos dias aconteceu Vicência, Zona da Mata Norte. No começo do mês, o candidato a vereador no município, Luiz Carlos dos Santos (PC do B) foi esfaqueado no centro da cidade por dois homens que fugiram em uma motocicleta, mas não corre risco de morte. Ainda não se sabe a autoria do atentado.”

Nenhum comentário: