Anúncio pró-homofobia no Recife atiça as redes sociais



Campanha “Pernambuco Não Te Quer”, do Fórum Permanente Pernambucano Pró Vida (FPP–PV), publicado na página do Facebook da entidade e em jornal de grande circulação estadual, causou polêmica nas redes sociais em função do conteúdo ser considerado homofóbico; OAB-PE e Ministério Público avaliam caso

Leonardo Lucena_PE247 / Brasil 247

Um anúncio da campanha “Pernambuco Não Te Quer”, do Fórum Permanente Pernambucano Pró Vida (FPP–PV), publicado na página oficial do Facebook da entidade e também em um jornal de grande circulação estadual, causou polêmica nas redes sociais. Isso porque da maneira como foi elaborado, o material acabou por ter uma conotação pró-homofobia, levando a um pedido formal por parte dos internautas para que a mensagem veiculada na Internet fosse retirada do ar – e foi. Por sua vez, o jornal Folha de Pernambuco se desculpou pela publicação do conteúdo através de sua página na Internet. O caso está sendo analisado pelo Ministério Público Estadual (MPPE), que já recebeu denúncias, e pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE). O fato também esteve entre os assuntos mais comentados do dia no Twitter.

O cartaz, que traz a chamada “Pernambuco Não Te Quer”, cujo objetivo seria combater o turismo sexual no Estado, está rodeado de práticas que devem ser abolidas – prostituição, abuso de menores, pedofilia e, inclusive, o homossexualismo, que, dentro deste contexto, passa a ser visto como um problema a ser erradicado. As informações dão conta de que, somente até o início da tarde desta terça-feira (4), mais de 400 comentários tinham sido feitos na página do FPP-PV pedindo a retirada do conteúdo.

A Prefeitura do Recife (PCR) afirmou, através de uma nota de esclarecimento, que o cartaz é uma afronta ao público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros), além de fazer uma associação indevida com uma campanha oficial para a promoção turística da cidade. Além disso, o Executivo Municipal condena o uso do slogan “Pernambuco não te quer”, pois, de acordo com o texto, seria uma apropriação indevida da campanha da prefeitura “Recife Te Quer”, que objetiva incentivar o fluxo turístico na capital pernambucana.”
Matéria Completa, ::AQUI::

3 comentários:

Anônimo disse...

NÃO HÁ CONOTAÇÃO ALGUMA DE CUNHO HOMO FÓBICO. OS VIADOS ESTÃO QUERENDO SE APARECER !

Anônimo disse...

Você é idiota ou se faz?

Anônimo disse...

maneh