No mundo de Huck, ricos sempre vão ser inocentes


E os pobres são apenas matéria-prima para a construção do mito que Luciano alimenta: o do bom moço. Artigo de Claudio Tognolli sobre a morte de Wanderson Pereira dos Santos, atropelado por Thor, filho do bilionário Eike Batista

Claudio Tognolli, Brasil 247

Há pouco mais de uma semana, a Controladoria-Geral da União (CGU) divulgou uma relação com 164 entidades privadas acusadas de cometer “irregularidades graves e insanáveis” na prestação de serviços a órgãos e entidades federais. Incluídas no Cadastro de Entidades Privadas sem Fins Lucrativos Impedidas (Cepim), elas estão proibidas de assinar novos convênios ou termos de parceria com órgãos da administração pública federal, como os vários ministérios e autarquias. Ou seja: as ONGS em defesa do populacho resolveram meter a mão na massa.

Sabem o que é isso? É que até o governo do PT, e até os seus sindicalistas mais radicais, se tocaram de que defender pobre é um bom negócio. Psicanalistas de plantão referem que gente bem de vida defende pobre como uma forma de excogitar, ou simplesmente vomitar, uma atávica culpa por terem dado certo na vida. Certamente a nossa gramática não concebe o “quadradamente certo”: mas os doutores da mente estão redondamente enganados: defender pobre é o melhor negócio desse começo de século XXI. Não há culpa na prática: é dinheiro vivo e ponto final…

Um dos arautos dessa defesa do pobre é Luciano Huck. Dono de sorriso perene, já mereceu capas das duas maiores revistas do país. “Veja” estampou-lhe o rosto com a epígrafe “A reinvenção do bom mocismo”. “’Época”, editada pela mesma corporação que gera o “cash cow” a Huck, focou o roubo de seu Rolex, caixa Oyster, de ouro, gritando a manchete “Ele merecia ser roubado ?”

Huck perfaz milhões em anúncios, lobbies comerciais, etc, recheando esse construto financeiro com um subproduto jornalístico voltado à defesa dos “frascos e comprimidos”. Mas Huck confecciona cocô achando que o cheiro poderia ser secundário ao artefato. O arranjo medieval que Huck vende em seus produtos volta e meia tem seu vazo rachado, e a água salobra vaza: na briga entre o rico e o pobre, como agora, Luciano Huck vai se postar, avant la letre, antes de mais nada, ao lado do rico.”
Artigo Completo, ::Aqui::

24 comentários:

RoG disse...

Que babaquisse, o brasil é o único lugar do mundo onde tem que ter orgulho de ser favelado e vergonha de ser bem sucedido.
Usa tua habilidade pra escrever pra algo que não seja preconceituoso e hipócrita. Revolucionáriozinho de fundo de quintal.

Anônimo disse...

conncordo com o RoG, ridiculo ¬¬

Anônimo disse...

acho que os playbas se ofenderam.

W. Rodrigues disse...

Isso é a cultura Latino-americana... O amor por ser pobre impede a sociedade de subir de classe, por ter o complexo de miserável que os coloca sempre no amor pela sua "linda favela", permitem-se ser instrumento politico de manipulação, aplaudem e acham que alguém realmente está fazendo algo bom por eles, quando na verdade os pobres que tem amor pela pobreza são o instrumento de enriquecimento do rico.

Aos marxistas de plantão, entendam que se o proletário tiver amor em ser proletário o burguês vai continuar a reinar e enriquecer em cima disso.

A cultura anglo-saxônica é uma arma contra isso. Ser rico não é vergonha e enriquecer menos ainda. O mundo é dos espertos e sempre vai ser. Amar a pobreza não é ser esperto, é ser alienado e cegamente explorado por meios de manipulações midiáticas e politica.

tedioso.com disse...

Acho que no Brasil tendemos de forma paradoxal a valorizar a pobreza. Mas no fundo ninguém quer ser pobre. E quando temos sucesso acabamos por ter vergonha de algo que todos gostariam de estar no mesmo lugar. Portanto Rog esta com a razão, retirando é claro a parte da ofensa que não leva ninguém a lugar nenhum.

Anônimo disse...

Concordo com RoG

Jair disse...

Não vejo ofença alguma no relatado, isso é fato. Tenho certeza que apresentadores como gugu, luciano não fariam o que fazem se o retorno pra eles não fosse muito maior, o fato é que probre gosta de ver pobre na tv e acreditar em algo que não existe ou seja são alienados, não pensam e não tem senso crítico apenas engolem informações. E se você pegar o que todos eles fazem vai ver que é muito poco, tendo a ideia que são todos bons moços, com o poder aquisitivo que eles tem da pra fazer mt mais.(Obs.: os filhos do LH vão de helicoptero para a escola...)

Thiemi disse...

parabéns aos que são felizes por ser pobre!
lamentável esse artigo! Cada um tem o que merece!

Anônimo disse...

marauder diz: o brasil é um pais de idiotas e ladrões, os idiotas idolatram os ricos, principalmente os famosos da tv, com seu circo fazendo audiencia mostrando a vida miseravel dos pobres que não lutam pelos seus direitos e são idiotas o suficiente para não evoluirem."ajudar" o pobre f... na tv faz mais pobres f... sonharem com a ideia de serem salvos da sua vida miseravel pela ajuda do artista riquinho da tv, que ganha mais fama e dinheiro com os vermes pobres! brasileiro e um povo desgraçado, não vai pra frente e na primeira oportunidade te passa a perna! gosta de viver na lama, da futebol e cerveja e fica feliz da vida na sua vidinha mediocre!

Anônimo disse...

Pessoal ainda tem a idiota mania de achar que porque o cara tem dinheiro ele sempre está errado.

Anônimo disse...

O problema desse huck não é ser rico, o problema é que o cara é um BABAÇO, e que só fez merda até agora na tv...

Anônimo disse...

Tem vários fatores a ser considerado nessa questão. Porém, digo que a politica governamental não ajuda, é bolsa disso, bolsa daquilo.O problema que as pessoas tem inveja e julgam os outros pelos seus merecimentos e conquistas.E dai que os filhos de LH vão de helicóptero? Se esse dinheiro provém de seu trabalho, ele faz o que bem entender. Pior são os políticos que levam os filhos de helicóptero com nosso dinheiro, e a sociedade alienada que prefere julgar pessoas ricas e famosas, à quem cuida do nosso dinheiro e patrimônio publico.

Anônimo disse...

Vc é muito babaca, defendendo a tese que ser bem sucedido é uma vergonha.
Vergonha é o que esses governos fazem com o povo, independente de partido.
A coisa que era ruim na época de FHC e Cia, só piorou com Lula e seus capangas.

Tarcisio Andrade disse...

O agregador de links:(Link abaixo)
http://migre.me/81K84
Destaques:
Mulheres do “imperador” – Veja a lista que o jogador Adriano “passou o cerol” (Link abaixo)
http://migre.me/8j7Ul
Maldição hereditária, existe? É bíblico?(Link abaixo)
http://migre.me/8pYNg
Valdemiro, Macedo, Morris Cerullo entre outros, farinha do mesmo saco!(Link abaixo)
http://migre.me/8pYRw

Anônimo disse...

Eu já li muita, mas muita merda na internet, mas essa está entre as maiores. Comunistazinho de universidade. E desde quando o rico tem o dever de fazer alguma coisa pelos pobres, para isso existe um estado constituído, com leis e órgãos que nos cobram o devido imposto, para sanar a mazelas sociais. Eu caguei e andei se o Luciano Huck comprou a mais nova e cara Ferrari, eu me preocupo é com o fato de que 60% do valor dela é imposto, eu me preocupo é com fato que todo mês eu perco 15% do meu salário em IRRF, e que esse dinheiro deveria ser empregado na solução das nossas mazelas. Mas não são. São sim, utilizados para garantir àqueles que mandam no estado todo luxo e conforto que os ricos, como o Luciano Huck conseguiram trabalhando, ainda que você ache que o que ele faz não tem valor!

Anônimo disse...

Luciano Huck = "FALSO FILANTROPISMO"

Anônimo disse...

Prezados ,

A questão é : nao somos unanimidade na versão da verdade. Existem ambos os tipos de situação. Por favor , sejam inteligentes. O mundo é cíclico como a economia , como o clima , como a felicidade. USem drogas , vivam , façam sexo sem preservativo , dirijam embriagados por favor ... é o que peço

Daniel Pereira disse...

Ricos Vs Pobres sempre foram uma receita infálivel para causar repercursão e relevante audiência
causando pena e solidariedade a favor dos "fracos" e aversão e revolta contra quem sempre gozou de uma porsição mais confortavel.

Fatos a Serem considerados:

*LUCIANO HULK: você no lugar dele faria o mesmo pela posição, reconhecimento e rendimentos
* independente da classe, credo ou cor, opção sexual o ser HUMANO SEMPRE SERÁ um empreendedor de situações que lhe coloquem em posição privelégiada, isso é de nossa natureza e inquestiionavel. A hipocrisia explicita de contestações opositórias a este fato podem ser derrubadas pela História notada a descrição semelhante desse comportamento com atitudes que nossos antepasados contêm desde a época das cavernas.
Oportunidade na vida é igual o sol,
Nasceu pra todos, basta ter bom senso e dedicação que todos podem de certa forma brilhar, mas há quem prefira simplesmemte FAZER BARULHO.

Anônimo disse...

Esse Rog deve ser um Playboisinho que apoia político corrupto e deve achar a pobresa do brasil natural, gente sem leitura.

Anônimo disse...

Não concordo com sua opinião, Se você ganha na megasena e fica rico, amanha tudo o que vc fizer ou seus filhos, serão duvidosas?, gente honesta e corrupta existe em qualquer esfera.

Anônimo disse...

BRASILEIRO É Q NEM GALINHA, TOMA NO CU E SAI CANTANDO...

Alexandre disse...

Se é que cabe o debate e críticas em um nível sadio nesse post, achei sua abordagem um tanto quanto obtusa e até preconceituosa. A exploração da miséria é corriqueira na televisão: e dá-lhe quero ver minha família depois de 20 anos, conserte meu carro velho, construam ou arrumem minha casa, etc. Lógico que é prato cheio prá politicagem também. Mas rotular uma pessoa como hipócrita ou mau caráter porque financia ONG's ou tenta ser um "bom moço" é estupidez. O programa do Luciano Huck é ruim, e muito ruim (ao menos na minha opinião), mas acho que é mais como um reflexo do que agrada às massas. Tanto é que tem boa audiência. Pode não ser da forma que você concorde, mas o cara tá fazendo a parte dele prá tentar tornar o meio em que vive um lugar melhor. Dentro dos meus padrões de vida, que são MUITO inferiores a de qualquer celebridade, eu podia estar fazendo mais, e na verdade não estou. Isso torna o Huck um cara melhor do que eu. E você? Tá fazendo alguma coisa ou só criticando o cara?

Ricardo Costa disse...

O brasil é o único lugar no mundo onde o errado tem seu lugar ao sol... Onde ser bem sucedido é uma vergonha, e ser miserável lindo... O brasileiro não tem memória histórica, pior, vive de modinhas lançadas em massa pela TV aberta, a última é escrever na frente da cas de idosos que estes foram um dia torturadores, esquecendo que já aconteceu uma ANISTIA, que "zerou" a divida deles e dos torturados "coitadinhos" de esquerda, que explodiam lugares e pessoas, como também os revoltosos que matavam pelo prazer de matar se dizendo revolucionários... Como nossa querida "Estela" entre outros.
Para quem não tem memória ou não sabe, a companheira Estela, é hoje a Presidente Dilma Roussef...
e seu CV: http://tilesexperts.com/wordpress/wp-content/2010/03/dilma-roussef-estela.jpg

Anônimo disse...

alguém aí já leu o livro do prof.J. Vasconcelos intitulado"Democracia Plena e Democracia Pura"?Não? Pois deveriam...