Nelson Mandela ganha arquivo digital



“O "Arquivo Digital de Nelson Mandela" estreou hoje, 27, e irá documentar a vida e experiência do ex-presidente e ativista sul-africano. O projeto é criação do The Nelson Mandela Centre of Memory (NMCM), que recebeu um incentivo de US$ 1.25 milhão por parte do Instituto Cultural do Google para a realização do portal de memória.

O arquivo é composto por uma variedade de documentos, fotos e vídeos do Mandela que completa 94 anos este ano. O internauta pode encontrar correspondências trocadas com a família e amigos, assim como diários nos quais ele escreveu durante os 27 anos que passou preso na Ilha Robben. Uma das primeiras fotos já tiradas do ex-líder rebelde também pode ser encontrada no site, assim como rascunhos da continuação de sua autobiografia "Longo caminho para Liberdade".

"Trabalhamos em conjunto com o NMCM para criar uma experiência interativa online com a qual esperamos poder inspirar os internautas tanto quanto fomos inspirados", afirmou Mark Yoshitake, Gerente de Produto do Instituto Cultural do Google. "Você pode procurar e vasculhar arquivos para explorar as diferentes partes da vida do Mandela: O início de sua vida, Os anos na prisão, Os anos como Presidente, Aposentadoria, Livros para Mandela, Jovens e Os meus momentos com uma lenda.", conclui.”

Nenhum comentário: