A “Grande Vaia” fracassou

Os articuladores da passeata “Grande Vaia” esperam como ponto de partida para outros protestos um mínimo de dez mil pessoas na Av. Paulista, alguns acreditavam que o número de manifestantes poderia chegar a vinte mil. O “Grande Vaia” conseguiu reunir quatrocentas pessoas na Capital Paulista, segundo a PM. Este blogueiro tem um método de contagem: somar o número “oficial” da PM, multiplicar por dois e arredondar para cima. Portanto o manifesto em São Paulo teve mil pessoas, chorado!

O movimento pretendia realizar simultaneamente em outras 11 capitais. Na maioria delas não aconteceu! Na Capital Federal o protesto foi ínfimo (por volta de 70 pessoas), mas extremamente raivoso, parecia uma marcha de Integralistas. A coordenadora do movimento estava perdida, não conseguia concatenar seu discurso e com muita raiva, vociferou: a pista foi a causa do acidente, os pilotos e o Presidente da Republica também foram culpados. Pasmem amáveis leitores o movimento em Brasília terminou em carreata, os carrões em desfile nas largas avenidas.

Muitos manifestantes declararam seu viés político com a boca cheia: “sou da direita”, para este blogueiro a frase deveria ser outra: “sou da extrema-direita e apoio um golpe militar contra este Governo esquerdista”. Na Cidade Maravilhosa o movimento foi pequeno, cerca de 100 pessoas.

O direito a manifestação é sagrado! O que deixa este blogueiro apreensivo esta no caráter e no conteúdo reacionário dos manifestantes. Um movimento da extrema-direita, um movimento totalitário, um movimento saudoso por uma “Noite de Verão”. O totalitarismo manifesto nesta passeata é flagrante! Eu tenho medo, muito medo desta gente, qualquer forma de ideal absoluto, seja da extrema direita ou esquerda....

A grande mídia conseguiu implantar o ódio, conseguiu insuflar o desrespeito as Instituições Democráticas. A mídia corporativa conseguiu de forma didática ressuscitar um cadáver ainda insepulto na nossa sociedade: a visão torpe e totalitária de uma (ainda?) pequena parcela da classe media. Este movimento tem uma assinatura indelével: Organizações Globo, Grupo Abril, Grupo Folha, Estadão.

Comentários

maria santos disse…
Existem mais apoiando, a sociedade israelita, a opus dei, a maçonaria...
Anônimo disse…
Gostaria de ver este pessoal fazer este protestinho lá em Itaquera, Gaianazes ou Capão Redondo. Indiferença da população ou uma sonora vaia, talvez o pau iria comer solto, o povão detesta sacanagem. Os “cansados” da boa vida, é nojento.
Anônimo disse…
A estimativa da PM foi de 10000 pessoas. Nao seja mentiroso...
ana flor disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
ana flor disse…
a madame passa um dia de sua vida esperando horas na fila para fazer o check-in (mais ou menos como o "povão" espera todo o santo dia pra entrar no "busão" lotado); o empresário perde uma reunião importante por causa do atraso do avião (mais ou menos como acontece toda semana com o "povão" quando eles se atrasam pra limpar o banheiro, pra passar o cafezinho, pra bater a laje porque o "busão" quebrou)...

aí vem a globo (dentre outros comedores de cérebro) e falam em "caos aéreo". o nome está dado então pronto!

agora sim a madame, o ricaço, a patricinha... todos eles concluem que estão sendo desrespeitados e se sentem cansadinhos...

me dá nojo viver no mesmo planeta onde vive esse tipo de gente...
Rafael Porto disse…
Concordo em partes. Realmente há no meio da multidão dezenas de peixes-grandes, dignos de cadeia. Mas isto não interfere na importância das manifestações populares.

O sentimento de indignação, o questionamento e o barulho, com bom senso, são ótimas ferramentes de mobilização.

O movimento tem gente estranha por trás, mas quando o povo se junta na rua e grita Fora Lula, a mensagem transcende qualquer interesse particular.
Anônimo disse…
Veja bem, sou professor da UENF, cujos alunos foram vaiar Lula e Cabral (por tabela, deveria ter ficado quieto).

Por que apenas os desfavorecidos, que vendem os seus votos ao Coronel mor e simio presidencial, e que tem direito a manifestacao?

Ganho um pouco mais que os 3840 reais que delimita os 10% mais ricos do pais... E nao tenho carro do ano, apesar de saber, que muito provavelmente, os que comentaram este blog nao estudaram mais do que eu.

Entao, ombro-me aos que por coragem vaiaram no Maraca, nas ruas e ate debaixo d'agua.

O Brasil precisa de um choque de capitalismo, para consolidar de vez a DEMOCRACIA. Fora Lula!

Ricardo Vieira