23 outubro 2014

Bolsa desaba com DataCaf: 49 a 40 !

"Faz outra manifestação, FHC, faz !

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

 A boca do jacaré se abre !

A Bolsa caía, às 11h28, 2,13% e a Petrobras PN 3,73%

O dólar vai a R$ 2,50.

Coitado do menino do Rio.

PT enxerga vitória mas recomenda salto baixo


'Segundo sondagens do partido, Dilma já teria seis pontos de vantagem sobre Aécio

Tereza Cruvinel, Blog: Tereza Cruvinel

No primeiro turno, faltava uma semana para a eleição quando apontamos, na coluna do dia 27, que “o jacaré abriu a boca”. Acabava o empate técnico e começava o declínio acentuado de Marina Silva e o Ascenso de Dilma. Segundo as pesquisas, nesta reta final do segundo turno o empate técnico entre Dilma e Aécio persiste, com vantagem numérica para Dilma: 52 x a 48.  No tracking da campanha petista, entretanto, ela  já teria 47% e ele 41% dos votos totais. Em votos válidos, isso significaria 53% para Dilma e 47%.  A conferir com os números e as curvas das próximas pesquisas. “Com uma diferença de seis pontos já podemos pensar na vitória. Mas a recomendação do partido é evitar salto alto e foguetório antes de domingo e não aceitar provocações”, diz um alto dirigente petista.

Charge do Bessinha


A mídia estragou a oposição


Luciano Martins Costa, Observatório da Imprensa 

"Os jornais de quarta-feira (22/10) fazem uma série de digressões na cobertura da disputa eleitoral, levando seus leitores a passear por temas paralelos, como se os editores estivessem saturados com o bate-boca que eles mesmos estimularam. 

O Estado de S.Paulo aposta em manchete sobre a crise de abastecimento de água em São Paulo, o Globo destaca entrevista do ministro José Antônio Dias Toffoli, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, e a Folha de S.Paulo apresenta explicações para a virada nas intenções de voto, favorável à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Como pano de fundo, os jornais registram reclamações do candidato do PSDB, o senador Aécio Neves, contra os números do Datafolha. Citando a incongruência das pesquisas realizadas na véspera do primeiro turno, que se mostraram distantes da realidade das urnas, o ex-governador de Minas Gerais fez blague da suposta vantagem de sua oponente.

Choque de lodo: o mar de lama do PSDB


"Não deixa de ser potencialmente devastador que quem acusa o PT de jogar o país num mar de lama, agora só tenha 200 bilhões de litros de lodo a oferecer ao povo

Saul Leblon, Carta Maior

O depoimento do diretor-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu, nesta 3ª feira, na Assembleia Legislativa de São Paulo, caiu como uma bomba na reta final da campanha presidencial de 2014.

Ele disse aquilo que o PSDB se recusa a admitir: restam apenas 200 bilhões de litros do volume morto do sistema Cantareira, que provê boa parte da água consumida na cidade.

Outros 300 bilhões/l de um total de 500 bi/l já foram acionados.

Mas o pior de tudo: a derradeira reserva de água da cidade encontra-se disponível na forma de lodo.

Dele terá que ser separada para acudir a sede paulistana caso não chova o suficiente no próximo verão.

Desemprego tem a menor taxa para o mês de setembro desde 2002


Diogo Martins, Valor

"O desemprego atingiu 4,9% da População Economicamente Ativa (PEA) de seis grandes regiões metropolitanas do país em setembro, de acordo com dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgados nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a menor taxa para meses de setembro desde início da série histórica, em 2002.

A taxa ficou abaixo da estimativa média de 5,1% apurada pelo Valor Data junto a 20 instituições financeiras e consultorias. O intervalo das projeções variou de 4,9% a 5,3%.

Imprensa estimulou pancadaria ao privilegiar pauta moral


Marcelo Semer, Blog do Marcelo Semer

"Nos anos 80, Pelé foi severamente criticado por dizer que o brasileiro não sabia votar.
.
Fernando Henrique Cardoso foi um pouco menos sutil, quando disse que só os votos dos adversários é que vinham dos menos informados.
.
A incapacidade de tolerar a diferença começa na convicção de que quem pensa de outro modo está errado. O que não decide como eu, não faz certo –não sabe pensar ou tem uma influência de maus estímulos.
.
O candidato do PSDB nunca esteve tão próximo em uma disputa presidencial depois que Lula chegou ao poder. Mas ao sinal da primeira pesquisa negativa, ainda no empate técnico, o jornalista Josias de Souza sentenciou que a “ultrapassagem de Dilma potencializa supremacia do marketing”. Se a virada aconteceu, por certo, algo de malévolo deve existir para justificá-la.

Aécio,desesperado, parte para a agressão. E tucanos de SP repetem o “vai tomar no…”


Fernando Brito, Tijolaço  

Assisti, impressionado, o programa de televisão de Aécio na televisão, agora à noite.

Apelação e terrorismo puros.

Classifica tudo o que se diz dele, independentemente de existirem fatos, documentos, provas, ata “mentiras” e “ataques ao meu nome honrado”.

Foram longos cinco minutos de fala, onde ele se desenha como vítima – curioso, tendo o mesmo tempo de televisão e toda a imprensa do seu lado – e, ao final, chama, figurativamente (ainda bem) sua adversária para a briga.

Entendo que sejam os sinais de desespero, com o nítido isolamento em que sua candidatura entrou, murchando a olhos vistos.

Manifestação pró-Aécio atrai público pequeno


"Grande ato contra a “podridão no país” convocado por lideranças do PSDB em São Paulo se resumiu a uma marcha de cerca de 10 mil pessoas no Largo da Batata, em Pinheiros, que logo se dispersou na avenida Faria Lima; aos gritos de "Adeus PT", "Fora Dilma" e "muda Brasil", militantes acompanharam discursos do ex-jogador Ronaldo e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso de cima de um trio elétrico; mais dois atos para o presidenciável tucano estão marcados na capital paulista, na PUC-SP e no Mackenzie

Brasil 247 

Intitulado “Vem pra Rua” – uma referência aos protestos de junho de 2013 –, o ato convocado por lideranças do PSDB para a candidatura de Aécio Neves só conseguiu mobilizar cerca de 10 mil pessoas em São Paulo.
“Sou neto de nordestino, tenho orgulho disso. Nós aqui de São Paulo precisamos estar juntos com vocês todos, nós todos juntos em indignação contra essa podridão que está havendo no Brasil", disse FHC em um dos vídeos da convocação.

22 outubro 2014

Atriz Letícia Sabatella pede que Facebook retire do ar vídeo sugerindo que ela votaria em Aécio Neves

Leticia Sabatella em sessão do Congresso que promulgou emenda constitucional que tratava da desapropriação de imóveis quando configurado trabalho escravo - Ailton de Freitas/Arquivo
O Globo 

"A atriz Letícia Sabatella pediu ao Facebook a retirada de um vídeo sugerindo que ela votaria no candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves. Segundo ela, foram utilizadas, sem autorização, imagens de vários atores gravadas originalmente para o Movimento Gota D’Água, contra a construção da Usina de Belo Monte, no Pará. Num desabafo publicado por Letícia na rede social, ela ressalta não votar no tucano.

“Acabo de assistir, com muita indignação, um vídeo de propaganda política pró-candidato Aécio Neves, utilizando imagens de vários atores que haviam sido feitas pra campanha do Gota D’Água, contra a realização da Usina de Belo Monte, em defesa das populações e das áreas atingidas naquela região. Eu quero deixar bem claro que isto é um roubo, um desrespeito. Eu não vou votar em Aécio Neves! Nenhum daqueles atores deu sua autorização para constar suas imagens e depoimentos, descontextualizados, naquele vídeo de propaganda pró-PSDB! Trata-se de uma enorme mentira”, escreveu a atriz em seu perfil no Facebook."
Matéria Completa, ::AQUI::

PSDB lança “Meu Banho, Minha Vida”!


Altamiro Borges, Blog do Miro

"O irreverente José Simão, um dos poucos colunistas que ainda merece ser lido na Folha tucana, publicou mais uma pérola nesta quarta-feira (22). Segundo ironiza, o governo deverá lançar em breve o programa “Meu Banho, Minha Vida!” para enfrentar a grave crise de água que tortura os paulistas em decorrência do “choque de indigestão” do PSDB. Outro programa que está em discussão é o “Balde Família”, que visa armazenar este líquido precioso para os dias piores que virão. “O Alckmin vai lançar o Balde Família: toda família terá direito a um balde vazio! Rarará!”.

Deixando de lado as piadas, o cenário em São Paulo é cada dia mais dramático. Segundo pesquisa Datafolha, os cortes de água se generalizaram pela capital paulista: 60% dos entrevistados relataram ter sofrido ao menos um caso nos últimos 30 dias. Nas pesquisas anteriores, em junho e agosto, os índices foram de 35% e 46%. “O levantamento mostra também que os paulistanos estão pessimistas em relação ao futuro: 88% deles creem que a metrópole corre grande risco de ficar longos períodos sem água nos próximos meses”, relata o editorial da Folha desta quarta-feira.

O temor é tão real que 66% dos entrevistados já cogitam recorrer à estocagem da água. “Essa iniciativa traz alguns perigos. O armazenamento inadequado – por exemplo, em recipientes não esterilizados –, pode levar à contaminação da água por bactérias, ocasionando prejuízo à saúde dos que vierem a consumi-la. Mais grave, com a proximidade do verão, estação em que costuma se verificar aumento do número de casos de dengue, os reservatórios em casas e apartamentos podem servir de nascedouro para o mosquito transmissor da doença”, alerta o jornal.

Mas o governador Geraldo Alckmin, que foi reeleito graças também à cumplicidade da mídia tucana – que escondeu a grave crise da água –, ainda permanece inerte. Ele “tem sido evasivo em relação à segurança hídrica”, segundo a Folha, que adora “tucanar” a desgraceira. Na verdade, Alckmin protela o enfrentamento do problema para beneficiar Aécio Neves, o cambaleante presidenciável do PSDB. Tudo é feito com base em cálculos eleitoreiros! Passado o segundo turno, os programas “Balde Família” e “Meu Banho, Minha Vida” até poderão ser implantados!

Este estelionato eleitoral, porém, parece que não está dando resultado. Ainda segundo uma notinha na Folha tucana, “a cúpula da campanha de Aécio Neves culpa a falta de água em São Paulo pela recuperação de Dilma Rousseff na reta final da eleição. A crise, explorada pela propaganda petista, seria o principal motivo da redução da vantagem do tucano no Sudeste. Os aecistas temem que o problema continue a drenar votos até domingo”. A crise no setor atiça as bicadas entre os aspones de Aécio e Alckmin, dois grão-tucanos que nunca conviveram bem no ninho.'

Charge do Bessinha



Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

"De todos os episódios bizarros de uma campanha eleitoral repleta de bizarrices, talvez a manifestação que a campanha de Aécio Neves está convocando para hoje (22) no Largo da Batata, em São Paulo, leve o troféu. Quem vai a manifestação convocada pelo PSDB?

Essas lideranças tucanas que arrastam milhões às ruas (modo ironia ligado) acreditam que podem reeditar manifestação como as de junho de 2013, só que em favor do candidato tucano.

Campanha tucana criou o movimento #VemPraRuadia22, que vem sendo organizado em redes sociais como Twitter e Facebook. Além disso, lideranças tucanas gravaram vídeos convocando manifestantes.

Vox Populi: Dilma bate Aécio em Minas: 44% a 41%


"Presidente obtém, no estado, maior votação entre os eleitores com renda de até dois salários mínimos (50% a 35%); no primeiro turno da eleição, Dilma Rousseff (PT) também venceu Aécio Neves (PSDB) em Minas por 43% dos votos válidos contra 39% do senador; o estado é o segundo maior colégio eleitoral do País e será decisivo na votação deste segundo turno

Brasil 247

A presidente Dilma Rousseff (PT) lidera as intenções de voto no reduto eleitoral do seu adversário Aécio Neves (PSDB). De acordo com pesquisa Vox Populi, a petista alcança 44% do eleitorado mineiro contra 41% do tucano, que governou o estado de 2003 a 2010. A estatística é referente à votação estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos.

No primeiro turno da eleição, Dilma também venceu Aécio em Minas por 43% dos votos válidos contra 39% do senador. O estado é o segundo maior colégio eleitoral do País e será decisivo na votação deste segundo turno.

Conforme o levantamento, Dilma vence por 50% a 35% entre os eleitores mineiros com renda de até dois salários mínimos. Na faixa entre dois até cinco salários mínimos, o tucano vence a petista por 43% a 42%. Aécio também alcança mais votos entre os mineiros com renda superior a cinco salários mínimos (52% a 35%)."

Maior site de celebridades dos EUA diz que Lindsay Lohan apoia Aécio porque ele “sabe dar uma festa”

Do DCM / TMZ

"O maior site americano de celebridades, TMZ, publicou uma matéria sobre o apoio de Lindsay Lohan a Aécio Neves. O TMZ acabou misturando a ação de Lohan com a apreensão de cocaína no helicóptero dos Perrellas, aliados de Aécio.

“Ela diz que seus ‘contatos brasileiros’ gostam do cara – um cara cuja empresa possuía um helicóptero com toneladas de coca”, afirmam os editores.
ADVERTISEMENT
Continua:

Lindsay levou uma surra por se envolver na política por razões óbvias. Mas uma fonte ligada a LiLo disse ao TMZ que ela está apoiando o cara porque “ela tem muita contatos lá e tem várias viagens de negócios para o país.” 

Aqui está o que os 8,5 milhões de seguidores de Lindsay precisam saber. 

Neves é dono de uma empresa que possui um helicóptero que foi apreendido pela Polícia Federal… apreendido porque transportava 4,5 toneladas de cocaína.

Não está claro se Lindsay apoia Neves porque ele é um cara legal ou apenas porque sabe dar uma boa festa."

Matéria completa (Em Inglês)  ::AQUI::

DataCaf: 48 a 41. Datafolha quer matar o IBOPE

"Como é que o jn vai dar o Globope se o Ibope diz que o jn está na região Sul da casa dos dez?​

Paulo Henrique Amorim,  Conversa Afiada

 O Conversa Afiada informa ao amigo navegante que o tracking dessa quarta-feira (22) revela o que se chama de “o jacaré abriu a boca”.

Sete pontos de vantagem sobre quem nunca fez a cama.

Quá, quá, quá !

O Datafalha, de novo, hoje, saiu com uma pesquisa muito delicada, suave, em que o jacaré começa a bocejar: 52 a 48, nos votos válidos.

Ontem,  a mesma coisa: já mostrava a irreversível decadência de quem, dia 27, começará a se preocupar com três investigações do Ministério Público.

Por que essa sofreguidão do Datafalha ?