22 outubro 2014

Vox Populi: Dilma bate Aécio em Minas: 44% a 41%


"Presidente obtém, no estado, maior votação entre os eleitores com renda de até dois salários mínimos (50% a 35%); no primeiro turno da eleição, Dilma Rousseff (PT) também venceu Aécio Neves (PSDB) em Minas por 43% dos votos válidos contra 39% do senador; o estado é o segundo maior colégio eleitoral do País e será decisivo na votação deste segundo turno

Brasil 247

A presidente Dilma Rousseff (PT) lidera as intenções de voto no reduto eleitoral do seu adversário Aécio Neves (PSDB). De acordo com pesquisa Vox Populi, a petista alcança 44% do eleitorado mineiro contra 41% do tucano, que governou o estado de 2003 a 2010. A estatística é referente à votação estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos.

No primeiro turno da eleição, Dilma também venceu Aécio em Minas por 43% dos votos válidos contra 39% do senador. O estado é o segundo maior colégio eleitoral do País e será decisivo na votação deste segundo turno.

Conforme o levantamento, Dilma vence por 50% a 35% entre os eleitores mineiros com renda de até dois salários mínimos. Na faixa entre dois até cinco salários mínimos, o tucano vence a petista por 43% a 42%. Aécio também alcança mais votos entre os mineiros com renda superior a cinco salários mínimos (52% a 35%)."

Maior site de celebridades dos EUA diz que Lindsay Lohan apoia Aécio porque ele “sabe dar uma festa”

Do DCM / TMZ

"O maior site americano de celebridades, TMZ, publicou uma matéria sobre o apoio de Lindsay Lohan a Aécio Neves. O TMZ acabou misturando a ação de Lohan com a apreensão de cocaína no helicóptero dos Perrellas, aliados de Aécio.

“Ela diz que seus ‘contatos brasileiros’ gostam do cara – um cara cuja empresa possuía um helicóptero com toneladas de coca”, afirmam os editores.
ADVERTISEMENT
Continua:

Lindsay levou uma surra por se envolver na política por razões óbvias. Mas uma fonte ligada a LiLo disse ao TMZ que ela está apoiando o cara porque “ela tem muita contatos lá e tem várias viagens de negócios para o país.” 

Aqui está o que os 8,5 milhões de seguidores de Lindsay precisam saber. 

Neves é dono de uma empresa que possui um helicóptero que foi apreendido pela Polícia Federal… apreendido porque transportava 4,5 toneladas de cocaína.

Não está claro se Lindsay apoia Neves porque ele é um cara legal ou apenas porque sabe dar uma boa festa."

Matéria completa (Em Inglês)  ::AQUI::

DataCaf: 48 a 41. Datafolha quer matar o IBOPE

"Como é que o jn vai dar o Globope se o Ibope diz que o jn está na região Sul da casa dos dez?​

Paulo Henrique Amorim,  Conversa Afiada

 O Conversa Afiada informa ao amigo navegante que o tracking dessa quarta-feira (22) revela o que se chama de “o jacaré abriu a boca”.

Sete pontos de vantagem sobre quem nunca fez a cama.

Quá, quá, quá !

O Datafalha, de novo, hoje, saiu com uma pesquisa muito delicada, suave, em que o jacaré começa a bocejar: 52 a 48, nos votos válidos.

Ontem,  a mesma coisa: já mostrava a irreversível decadência de quem, dia 27, começará a se preocupar com três investigações do Ministério Público.

Por que essa sofreguidão do Datafalha ?

A tragédia paulista da falta de governo


, GGN

"São Paulo tornou-se um buraco negro institucional. Praticamente todos os vícios que os grupos de mídia apontam no governo federal vicejam em São Paulo com muito maior intensidade, devido à falta de vigilância tanto da mídia quanto dos demais poderes.

Por aqui consolidaram-se vícios de estados atrasados.

Por exemplo, no Ministério Público Estadual, o cargo de Procurador Geral do Estado é um trampolim para uma futura secretaria de governo. Apesar da existência de procuradores aguerridos, há uma evidente subordinação do PGE ao grupo político que controla o Estado.

No caso dos grupos de mídia, a ideia fixa em se apresentar como condutora da oposição bloqueou a fiscalização de todos os atos de governo.

Jovem Aécio: “eu nunca fiz minha própria cama”


"Com 17 anos, Aécio Neves passou uma temporada em um lugarejo de Nova Jersey, nos EUA, onde virou atração e deu entrevista ao jornal Franklin-News; segundo relato de Paulo Moreira Leite no 247, Aécio disse ao repórter "que a vida das mulheres é fácil no Brasil" e que elas não tinham "necessidade financeira de trabalhar", podendo "passar a maior parte de seu tempo na praia ou fazendo compras"; o hoje candidato relatou ainda que "todo mundo tem uma empregada ou duas" por aqui; e contou outra novidade: "nunca fiz minha própria cama"; Aécio lamentou estar fora do País no Carnaval (fevereiro de 1977), segundo ele, "a única época em que a classe baixa e a classe alta se reúnem"

Brasil 247

 Como é comum para os jovens de sua idade, à época, e classe social, o hoje senador e candidato à presidência Aécio Neves passou uma temporada nos Estados Unidos quando tinha 17 anos para um intercâmbio escolar. Parte de sua estadia foi em um vilarejo de Nova Jersey, que hoje tem 2 mil habitantes. O jovem brasileiro logo virou atração no local, virando até personagem de uma reportagem no Franklin-News.

Conforme relato de Paulo Moreira Leite, em seu blog no 247, na entrevista ao repórter Bob Bradis, ele contou de suas preferências musicais e um pouco da vida no Brasil. Aécio disse "que a vida das mulheres é fácil no Brasil. Segundo as palavras de Bob Bradis, Aécio lhe disse que as mulheres brasileiras não tem necessidade financeira de trabalhar, e podem passar a maior parte de seu tempo na praia ou fazendo compras", conta PML. Leia mais um trecho:
Falando da vida doméstica, Aécio disse: "todo mundo tem uma empregada ou duas; uma para cozinhar, outra para limpar." Falando de sua rotina dentro de casa, no Brasil, assinalou outra novidade: "Eu nunca fiz minha própria cama." Outra diferença, como se sabe.

Bob Bradis conta que Aécio lamentava, naquele fevereiro de 1977, que estivesse fora do Brasil por causa do carnaval. Há uma grande festa antes do início da Quaresma, disse Aécio. O jovem brasileiro contou como todos dançam nas ruas, comem, bebem até altas horas e então vão para casa dar um mergulho, para aí retornar para mais festas. "É a melhor época do ano." Segundo o Franklin-News, Aécio disse ainda: "Essa é a única época em que a classe baixa e a classe alta se reúnem."

E a íntegra aqui.

Charge do Bessinha


D. Nilcilene para presidente da Sabesp


Fernando Brito, Tijolaço  

"O jornal Agora São Paulo traz uma reportagem com a simpática e previdente  D. Nilcilene Mendonça, síndica de um condomínio de 11 prédios na Zona Leste de São Paulo.

Quando a água começou a escassear, tomou uma providência.

Mandou fechar os registros dos prédios à tarde, das 13h30 às 17h30, todos os dias, para acumular água nos reservatórios e ter o que gastar à noitinha e de manhã, quando as pessoas precisam mais, para o banho, sobretudo.

Claro que muita gente no condomínio deve ter pensado horrores de D. Nilcilene.

Ela nem deu bola, embora síndica que, da mesma forma que o Governador de Estado, precise de votos para se eleger.

Novo Datafolha confirma: Dilma tem 52% e Aécio, 48%


"Nova sondagem aponta praticamente para o mesmo cenário publicado na segunda-feira, de empate técnico, com vantagem numérica para a candidata do PT à reeleição: Dilma Rousseff aparece com 52% dos votos válidos, enquanto seu adversário Aécio Neves, presidenciável do PSDB, detém apoio de 48% do eleitorado; no entanto, se considerados os votos totais, os números mudaram ligeiramente, com a presidente subindo para 47%, de 46%, e o tucano com 43% das intenções de voto; Dilma cresceu entre mulheres e no Sudeste

Brasil 247

Divulgada há pouco, a nova pesquisa do Instituto Datafolha mostrou praticamente os mesmos números do levantamento anterior, publicado na segunda-feira. Na mais recente leitura, Dilma Rousseff, candidata à presidência aparece com 52% dos votos válidos, enquanto seu adversário, Aécio Neves, presidenciável do PSDB, detém apoio de 48% do eleitorado.

21 outubro 2014

Quem desconstruiu implacavelmente Aécio foi o próprio Aécio

Ninguém a quem culpar senão ele próprio
, DCM

"Uma das palavras da moda nestas eleições é “descontrução”.

Ela tem sido usada pelos colunistas VPs, em tom de pretensa indignação, para definir o que o PT teria feito com Marina, no primeiro turno, e Aécio, no segundo.

Ah, sim: entenda, por VPs, as Vozes dos Patrões.

Marina é história. Tratemos da “desconstrução” de Aécio.

Desconstruir implica torcer fatos, manipular informações, inventar coisas que prejudiquem determinada pessoa.

Nada, absolutamente nada disso foi feito com Aécio.

Examinemos alguns dados da alegada “desconstrução”.

DataCaf urgente! Dilma 47 a 41


"É o tracking dessa terça-feira (21)

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

Quem mandou ser policial do Vovô.

Bem que o Lula disse que ele era um filhinho de papai ( e de Vovô ).

Não torceram o pepino dele quando menino, deu nisso aí …

Será que ele vai suar na Globo ? Vote no Sim ou não ?

Sertão não brinca e enche Juazeiro(BA) e Petrolina(PE) em apoio Dilma


Fernando Brito, Tijolaço

A foto que você vê aí é a da ponte que liga Juazeiro, na Bahia, a Petrolina, em Pernambuco, tomada hoje por uma multidão de agricultores da região semi-árida do Nordeste.

E não é uma “pontezinha, não: tem 800 metros de comprimento.

Dezenas de milhares de pessoas foram saudar Dilma, que repetiu, com ironia, a história de Fernando Henrique Cardoso.

Internautas pró-Dilma organizam 'bota-fora do Lobão'


"Cantor prometeu ir embora do Brasil se a presidente Dilma for reeleita no próximo domingo; nas redes sociais, internautas que defendem voto no PT organizam festa de comemoração no dia 26; "Faltam 6 dias para que Dilma seja reeleita e o Lobão se mude do Brasil como prometeu", celebrou um usuário no Twitter

Brasil 247

Internautas pró-Dilma têm ironizado nas redes sociais a declaração do cantor Lobão, que prometeu ir embora do Brasil caso a presidente seja reeleita no próximo domingo 26. "Faltam 6 dias para que Dilma seja reeleita e o Lobão se mude do Brasil como prometeu", comemorou um usuário do Twitter.

"Depois do churrascão dos desinformados o grande evento de outubro será o bota fora do Lobão", escreveu mais um eleitor pró-Dilma. "Conclamo toda a militância petista a fazermos um bota fora bem legal para o Lobão. Podemos começar na Paulista dia 26", convidou outra.

No Facebook, estão sendo compartilhados banners que divulgam o 'bota-fora do Lobão'. Um deles traz a foto do roqueiro, com sua frase em destaque: "Se Dilma ganhar, vou embora do Brasil". Abaixo, um apelo: "Ajudem o Lobão ir para Miami (sic)... Vote 13 o embarque será no Aécioporto".


Charge do Bessinha


Dilma pode derrotar Aécio com votação igual à de 2010


Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

"Fim da tarde de segunda-feira. Vou com a filha buscar o genro no Aeroporto de Guarulhos. Uma hora e quarenta para rodar trinta e poucos quilômetros. Uma tortura.

Conseguimos pegar a Airton Senna de volta para São Paulo por volta das 21 horas.

Durante o congestionamento, busco no celular notícias sobre o Datafolha.
Dilma 52, Aécio 48.

Solto um PQP que assusta filha e genro.

No caminho, recebo ligação de importante personagem da campanha de Dilma:

Ele — Liguei para cumprimentá-lo pelas pesquisas.

O que será feito do ódio e de sua linguagem?


Venício A. de Lima, Observatório da Imprensa

"Ao fazer um balanço crítico do ano que chegava ao fim, na perspectiva da atuação da mídia brasileira, escrevi neste Observatório, em dezembro de 2013:

“O que de mais importante aconteceu no nosso país de 2005 para cá – vale dizer, ao longo dos últimos oito anos – e se consolidou em 2013 com as várias semanas de julgamento televisionado, ao vivo, no Supremo Tribunal Federal – foi a formação de uma linguagem nova, seletiva e específica, com a participação determinante da grande mídia, dentro da qual parcela dos brasileiros passou a ‘ver’ os réus da Ação Penal nº 470, em particular aqueles ligados ao Partido dos Trabalhadores. (...) Nos últimos anos ‘mensalão’ passou a ser ‘um esquema de corrupção’ e tornou-se ‘mensalão do PT’, enquanto situações idênticas e anteriores, raramente mencionadas, foram identificadas pela geografia e não pelo partido político (‘mensalão mineiro’). Como resultado foi se construindo sistematicamente uma associação generalizada, seletiva e deliberada entre corrupção e os governos Lula e o PT, ou melhor, seus filiados e/ou simpatizantes. (...) A generalização seletiva tornou-se a prática deliberada e rotineira da grande mídia e, aos poucos, as palavras ‘petista’ – designação de filiado ao Partido dos Trabalhadores – e ‘mensaleiro’ se transformaram em palavrões equivalentes a ‘comunista’, ‘subversivo’ ou ‘terrorista’ na época da ditadura militar (1964-1985). ‘Petista’ e ‘mensaleiro’ tornaram-se, implicitamente, inimigos públicos e sinônimos de corruptos e desonestos” (ver “A linguagem seletiva do ‘mensalão’“).

Oh, que espanto! O Brasil tem ódio e luta de classes