26 abril 2015

Charge do Bessinha


#GloboGolpista50anos: O povo não é bobo …

"O Levante jogou tinta vermelha na fachada da Rede Globo. 


"Levante realiza escracho na fachada da Globo em Brasília

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

No dia em que a Rede Globo comemora os 50 anos de sua fundação, os movimentos sociais foram às ruas para descomemorar a data. Foram registrados atos em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

Em Brasília, o Levante Popular da Juventude jogou tinta vermelha na fachada da Rede Globo. O escracho aconteceu em memória das vítimas da Ditadura, que a emissora apoiou politicamente, deu sustentação ideológica e ganhou benefícios econômicos.

O ato em Brasília contou com a participação de 500 pessoas, e teve apoio do MST, do movimento democratização da comunicação, diversos sindicatos e entidades estudantis.

André Singer: PMDB e PSDB se aliam para dar sequência ao desmonte da CLT iniciado por FHC


Do viomundo

O pivô

25/04/2015  02h00

por André Singer, na Folha de S. Paulo

Como se pode observar no quadro abaixo, o apoio ao projeto de lei 4.330 na Câmara dos Deputados quarta-feira passada foi o mesmo no PMDB e no PSDB. Juntos, os dois derrotaram o PT. Os demais partidos, em graus variados, se distribuíram entre esses polos. O PP se alinhou ao bloco conservador. O PDT e o PC do B marcharam contra a terceirização. O PSB ficou em posição intermediária.

Governo começará a semana mais forte


Miguel do Rosário, Tijolaço 

"O governo iniciará a semana bem mais forte do que tem estado nas últimas semanas. Dilma avançou mais um pouco para fora do cabo das tormentas que caracterizou os primeiros meses de sua nova gestão.

A decisão do PSDB, de insistir no impeachment, revelou-se um tiro no pé.

Impeachment é uma coisa séria demais para você levar adiante de maneira leviana. Foi o que o PSDB fez.

O clima no país, porém, mudou.

As ações da Petrobrás explodiram, após a divulgação do balanço da empresa.
A economia dá mostras de recuperação, inclusive no mercado de trabalho, que apresentou desempenho positivo, com destaque para a indústria.

Uma pequena história da mídia brasileira, nos 50 anos da Globo


Luis Nassif, GGN

"O avanço das telecomunicações, o desenvolvimento do micro ondas, abriram novas perspectivas para as redes de TV norte-americanas.

Em fins dos anos 50 elas começaram a planejar sua expansão internacional, de olho na América Latina.

Coube a Henry Luce, fundador e mentor do grupo Time-Life a grande revolução do período, que o tornou o norte-americano mais influente de sua época.

Antes da TV, Luce se consagrara com um conjunto de revistas campeãs, a Time (que se tornaria o modelo das revistas semanais de informação, espelho da futura Veja), a Life (copiada pela Manchete), a Fortune (de negócios) e a Sporteds Illustred, servindo de modelo para os novos grupos editoriais.
Matéria Completa, ::AQUI::

Aécio Neves tem razão


Juca Kfouri, Blog do Juca

“Diante de R$ 6 bilhões pelo ralo, o Brasil exige dois pedidos de desculpas. Quem terá coragem de falar primeiro: Lula ou Dilma?”

O candidato derrotado na última eleição tem toda razão.

E também poderia dar exemplo, se antecipando e pedindo desculpas por uma coisa tão menor, teoricamente muito mais fácil, sobre o AEROPORTO DE CLÁUDIO.

Nem se está falando do mensalão tucano mineiro etc, nada disso.
Só do aeroporto na fazenda do titio."

Charge do Bessinha


Manifesto pró-Fachin irá garantir aprovação no STF


Tereza Cruvinel, Blog: Tereza Cruvinel

"Luiz Edson Fachin é um notável jurista e um cidadão exemplar. Indicado pela presidente Dilma para ocupar a vaga de ministro do STF deixada por Joaquim Barbosa, terá seu nome apreciado pelo Senado numa conjuntura de interesses cruzados e disputas de poder que, alguns temem, podem sobrepor-se a seus atributos pessoais e à pertinência da indicação. O presidente da Casa, Renan Calheiros, passou de aliado e a tensionador das relações do Legisltivo com o governo desde que foi arrolado nos inquéritos da Operação Lava-Jato e a oposição vale-se de toda oportunidade para fustigar a presidente.  Logo depois de anunciado o nome de Fachin, a revista Veja publicou em seu site um vídeo em que ele faz a leitura de uma carta subscrita por diversos juristas em apoio à candidatura Dilma em 2010. O jornal O Estado de São Paulo destacou suas relações com movimentos sociais como CUT e MST.

Em memória de uma vítima esquecida do mundo que a Globo ajudou a criar em 1964

Dodora e seu sorriso invencível
Paulo Nogueira, DCM

Uma figura feminina aparece na minha mente sempre que leio a respeito do papel da Globo no golpe de 1964.

Não a conhecia até recentemente, mas me apaixonei assim que a vi.

Ela estava num documentário sobre o golpe a que assisti no ano passado.

É um trabalho rústico, uma câmara e depoimentos. E é sublime como retrato de uma época sinistra.

O documentário foi gravado em 1971, no Chile. Os autores foram dois cineastas americanos – Haskell Wexler e Saul Landau — que estavam no Chile para entrevistar Allende.

Jurista nega a Aécio parecer pró-impeachment


"A análise pedida pelo PSDB ao jurista Miguel Reale Júnior sobre a admissibilidade de um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff não atendeu às expectativas dos que sonhavam com o golpe; segundo Reale, fatos ocorridos no mandato anterior não podem servir como pretexto para a derrubada de um governo; posição é semelhante à que já foi explicitada pelo procurador-geral Rodrigo Janot e pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); bancada tucana na Câmara estuda, agora, pedir pareceres a outros juristas, mas o próprio Aécio tende a desembarcar do golpismo

Brasil 247

O tom de cautela do senador Aécio Neves (PSDB-MG) em relação a eventual pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (saiba mais aqui) tem uma explicação. O jurista Miguel Reale Júnior, ex-ministro da Justiça no governo FHC, a quem foi pedido um parecer técnico sobre o tema, não embarcou na tese.

25 abril 2015

Aniversário da Globo: Dez razões para descomemorar

"Os setores comprometidos com a democratização da mídia no Brasil têm pelo menos 10 razões para não ter nada a comemorar neste aniversário da Rede Globo. 

Ângela Carrato, Blog Estação Liberdade

Era para ser uma festa de arromba, com eventos se sucedendo em todo o país. Grande parte do que a TV Globo preparou para comemorar seu cinquentenário, a ser completado no domingo (26/4), está mantido, mas, sem dúvida, não terá o mesmo brilho de outras épocas. Depois dos problemas verificados durante a sessão solene da Câmara dos Deputados em homenagem à emissora, em que três militantes em prol da democratização da comunicação tiveram que ser retirados por seguranças, as festas em locais abertos ou de acesso público estão sendo repensadas. Os cuidados se justificam.

Babilônia e jn afundam no Mar Vermelho


"Globo perde 20% de Globope na faixa de novela bíblica.

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

Saiu na Fel-lha:

Globo perde 20% de ibope na faixa de novela bíblica

VITOR MORENO (interino)

Maior acerto da teledramaturgia da Record nos últimos anos, a novela bíblica “Os Dez Mandamentos”, de Vívian de Oliveira, está se tornando uma pedra no sapato da Globo no horário em que vai ao ar (das 20h30 às 21h30, aproximadamente).

(…)

Charge do Bessinha


Contra agenda conservadora da Câmara, senadores formam bloco progressista


"Iniciativa é anunciada por Lindberg Farias em discurso de apoio a Renan Calheiros

Tereza Cruvinel, Blog: Tereza Cruvinel

O conflito entre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e o presidente do Senado, Renan Calheiros, ganhou novo impulso hoje com a formação de uma frente progressista no Senado para barrar a agenda conservadora que está sendo implementada pela outra Casa. A iniciativa foi anunciada em discurso pelo senador Lindberg Farias, em que, aparteado por outros senadores, apoiou a posição de Renan em relação ao projeto da terceirização.

“É fundamental regulamentar os terceirizados. Nós temos no Brasil 12 milhões de terceirizados. Nós não podemos regulamentar sob hipótese nenhuma atividade-fim. Nós temos que regulamentar os terceirizados existentes mas isso não pode  significar só a regulamentação da atividade-fim. Isso é uma inversão, uma involução, significa revogar a Constituição, direitos, garantias individuais e coletivas”. Destacando esta afirmação de Renan, Lindberg acusou Eduardo Cunha de querer mandar no Senado e ter sido desrespeitoso com Renan e com os senadores ao dizer que a última palavra sobre terceirização será da Câmara e que ele pode, em represália a uma eventual demora do Senado, paralisar a tramitação de matérias de interesse dos senadores, como a que o Senado votou recentemente convalidando isenções de ICMS para os estados.  “Engaveta lá, engaveta aqui, disse o presidente da Câmara. Mas quero ver engavetar um projeto como este do ICMS, que é do interesse da maioria das bancadas, especialmente do Norte e Nordeste”, provocou Lindberg.

CNBB critica terceirização e redução da maioridade penal

Agência Brasil

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou na sexta (24) nota sobre a conjuntura do país, com críticas ao projeto de lei que regulamenta a terceirização de mão de obra nas empresas e à proposta de redução da maioridade penal. A nota foi divulgada no encerramento da 53ª Assembleia Geral da CNBB, em Aparecida (SP). Na reunião também ocorreu a cerimônia de posse de dom Sérgio da Rocha na presidência da CNBB.

A dor da gente não sai no jornal


Fernando Brito, Tijolaço 

"Tive muita vergonha de minha profissão, hoje, quando vi a campanha da ONG Teto, voltada para habitação popular.

Ela é uma bofetada no que se tornou a máquina de comunicação meste país.
“O problema não é o que vira notícia, mas o que deixa de ser”
Não é assim, é pior que isso.

Claro que sempre houve, aqui e em toda parte, o chamado “jornalismo de entretenimento”.

Sou velho o suficiente para lembrar da “Revista do Rádio”, das fotonovelas.
Mas é impressionante o nível de empobrecimento mental que mídia brasileira se esforça – sim, é um esforço ser cínico num país como o Brasil! – em  impor ao nosso povo.

Veja!

Postagens populares